Fotojet (34)

Craque Neto faz discurso afiadíssimo contra absurdo de deputada, e debocha de desfile militar: “Pior que o meu fusca”; assista!

Craque Neto pode ter deixado os gramados, mas segue fazendo verdadeiros golaços em sua carreira! Nesta quarta-feira (11), o apresentador fez um discurso afiadíssimo sobre as críticas feitas pela deputada estadual Janaina Paschoal contra, acreditem, o trabalho voluntário feito pelo padre Julio Lancellotti com pessoas vulneráveis de nossa sociedade. O ex-jogador de futebol também não economizou no deboche ao comentar o recente desfile de tanques de guerra, em Brasília.

No sábado (7), a deputada reagiu à notícia de que Julio tinha sido impedido pela Polícia Militar de São Paulo de fazer doações de marmitas na cracolândia. Muito conhecido na capital paulista, o padre Lancellotti tem um trabalho admirável dando assistência para pessoas em situação de rua. Para Paschoal, no entanto, o gesto humanitário realizado por um padre deveria ser podado. “As pessoas que moram e trabalham naquela região já não aguentam mais. O padre e os voluntários ajudariam se convencessem seus assistidos a se tratarem e irem para os abrigos. A distribuição de alimentos na cracolândia só ajuda o crime. O tema precisa ser debatido com honestidade”, escreveu no Twitter.

Continua depois da Publicidade

Bom, o caso não passou despercebido por Neto durante o programa “Os Donos da Bola”, da Band TV. “O governo tem obrigação, o estado tem obrigação, mas a gente não cobra. Aí vem a Janaina e fala que o nosso padre Julio Lancellotti não pode dar comida para as pessoas que são viciadas. Quem disse que o viciado é pior que quem não é?! Você sabe se o cara teve um problema familiar? Se ele é engenheiro, bombeiro, se a mulher largou ele, se os filhos não querem… Quem disse pra você?”, questionou o apresentador.

“Padre Julio Lancellotti, parabéns pelo senhor ser maravilhoso!”, elogiou. Craque Neto seguiu indignado com episódios recentes protagonizados por figuras políticas de nosso país. “A gente tem um ministro da Educação que acha que a universidade tem que ser para poucos, que país que eu tô?!”, indagou.

As cenas ocorridas ontem (10), com tanques e outros veículos blindados da Marinha em direção à Esplanada dos Ministérios para entregar um convite do exercício militar ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), também viraram piada nas mãos de Craque Neto. “Aí um tanque de guerra (barulho de flatulências) sai uma fumaça pior que o meu fusca”, disparou, arrancando risadas dos colegas de trabalho. “Se tiver uma guerra, nós morremos! É melhor com meu fusca! Que por sinal, o fusca foi feito pra guerra, né?! Porque não precisa de água… Eu tenho três, vou emprestar pra eles andarem lá pela [praça dos] Três Poderes, fica mais bonito!”, ironizou.

Tanque 600x400
Desfile de veículos militares virou piada na internet pelas péssimas condições em que se encontram. Foto: Reprodução

“Agora pegam aquele tanque lá, com aquele diesel [explodindo], o cara vai passar mal! O cara que for atirar em nós vai [falar:] ‘Ah, não vou atirar’. Os caras nem gasolina e diesel têm!”, continuou o apresentador, reproduzindo as reações que os inimigos do país teriam em meio tanta fumaça. Sinalizado que o programa tinha chegado ao fim, Craque Neto encerrou com uma reflexão importante: “Se a gente não se posicionar, a gente não merece estar aqui!”.

Assista ao vídeo:

Continua depois da Publicidade

No Twitter, os telespectadores enalteceram os comentários feitos pelo ex-jogador. “Você não foi só craque dentro de campo. Fora de campo você veste a 10 e a tarja de capitão. Nosso mundo seria muito melhor se mais pessoas utilizassem dos seus microfones para se posicionar contra a barbárie em que vivemos. Parabéns!”, elogiou Victor Coelho. “Só no Brasil uma deputada estadual que é paga com dinheiro público reclama do trabalho comunitário de um padre“, alfinetou Francisco Mello. “Precisamos de mais jogadores, ex-jogadores e apresentadores conscientes assim. Neto falou tudo”, afirmou outro internauta. “Ainda explicou sobre [a relação do] fusca e a guerra”, brincou Erik Miranda.