Fotojet (8)

MasterChef Brasil: Eliminação e ausência repentina de Fogaça dão o que falar na web; confira o resumão do episódio!

A emoção e o nervosismo rolaram soltos no episódio exibido nessa terça-feira (17) do “MasterChef Brasil 8“. A primeira prova da noite começou cheia de mistério, com os cozinheiros amadores tendo que preparar receitas inspiradas em equipamentos como pipoqueira, maçarico ou até mesmo coqueteleira, que foram distribuídos em caixas surpresa na bancada de casa um.

Presenteada com uma cafeteira, Daphne preparou uma sobremesa chamada “floresta de café” e ganhou diversos elogios dos jurados. “Não é bom, não. É muito bom! E quando é bom não tem melhor! Foi muito inteligente, porque chocolate e café vão muito bem juntos. O merengue está levinho, parece neve. Fazer esse tipo de merengue é muito difícil e você está de parabéns!”, elogiou Eric Jacquin.

Continua depois da Publicidade

“Tá muito bom”, concordou Helena Rizzo. “Isso aqui é uma música clássica, linda, suave, com força”, completou Henrique Fogaça, que mais tarde, anunciou a vitória da jovem. “A braba de hoje é a Daphne”, revelou. Destaques positivos também na prova, Heitor, Helena e Raquel garantiram vaga no mezanino.

Por ter vencido a etapa inicial, Daphne pôde salvar mais cinco cozinheiros. Os escolhidos foram Renato, Sérgio, Amanda, Márcio e Ana Paula. Pedro também deu sorte e garantiu mais uma semana na competição, após ganhar uma mini prova que funcionou como um “jogo da memória”.

Ausência de Fogaça

Antes da segunda prova ser disputada, Ana Paula Padrão anunciou que Fogaça precisou se ausentar, devido a “problemas pessoais”. Nas redes, muitos internautas ficaram curiosos para saber o que de fato havia acontecido com o jurado…

Outros se lembraram que no dia 30 de julho, o chef foi parar no hospital devido a uma queda de pressão, que resultou num acidente durante as gravações do programa. “Caiu a pressão, eu caí do palco e bati a cabeça. Levei sete, oito pontos aqui (na parte de trás) e machuquei aqui na frente”, contou Henrique em suas redes na ocasião. Ele ainda afirmou estar bem.

Prova de Eliminação

No desafio final, os participantes precisaram preparar receitas utilizando ingredientes da culinária indígena. Não foi tarefa fácil, mas Kelyn se deu bem e venceu sua primeira prova na temporada, com um terrine de pintado com mandioca e um molho de tucupi com banana. “Kelyn, que alegria de comida. Acho que foi a melhor coisa que tu fez, disparado. Amei, parabéns!”, declarou Rizzo.

Juliana, Cristina e Luiz ficaram entre os destaques negativos. O rapaz, entretanto, foi salvo pelo mezanino e Cristina, após ser protegida algumas vezes pelos colegas, acabou eliminada ao fim do episódio. “Você abraçou tanto a sua cultura que se afastou da proposta trazida na prova”, disse Jacquin ao apontar erros técnicos na preparação da baiana.

“Mas vou te falar uma coisa, vou sentir saudade de você, porque você é uma festa formidável. O Brasil nunca vai se esquecer de você. Você marcou muito o MasterChef. Essa temporada sem você vai ser diferente a partir de hoje. Você é dez”, continuou o francês, que ainda deu um abraço apertado em Cristina. “A gente vai sentir falta da tua simpatia e alegria”, completou Helena, por fim.

Veja o momento da despedida:

Houve chororô na cozinha, mas nas redes, internautas celebraram a eliminação de Cristina, que por vezes foi parar na berlinda, mas acabava salva na hora H, pelos amigos do mezanino. Confira reações: