Balão

Balão com Lucas Gallina faz pouso de emergência em SC e ex-BBB compartilha momentos de tensão: “Pensa no susto”; assista

Que susto! Passageiros viveram momentos de tensão durante alguns passeios de balão nesta quarta-feira (18), na cidade de Praia Grande, no Extremo Sul Catarinense. Por conta de fortes rajadas de vento, três dos veículos tiveram que fazer um pouso de emergência em uma área de mata e oito pessoas ficaram feridas. Um dos presentes no passeio era o ex-BBB20 Lucas Gallina, que fez um relato logo após o acidente em seu Instagram.

Entre os que se machucaram, um turista deslocou a clavícula e o outro quebrou o braço. Ambos continuavam no Hospital Nossa Senhora de Fátima até o início da tarde, segundo o G1. Outras seis pessoas sofreram leves escoriações, foram atendidas e logo liberadas.

O secretário de turismo de Praia Grande, Jorge Scandolara Junior, contou que o passeio começou por volta das 6h30 e que, aproximadamente 7h30, rajadas de vento de 70km/h começaram na região. 12 balões precisaram pousar e três deles tiverem maiores prejuízos. “Os balões começaram a ganhar muita velocidade e os pilotos se viram obrigados a realizar um pouco de emergência. Foi neste pouso que aconteceu o acidente“, explicou ele, ainda para o G1. Por enquanto, a atividade está suspensa na região.

Lucas Gallina fazia o voo a convite da administração municipal. Durante o passeio, ele havia feito alguns vídeos falando sobre a beleza da paisagem local. Logo depois, o rapaz voltou para os stories, assustado, relatando o ocorrido. “O piloto caiu do balão e ficou só a gente com o walkie talkie dele. Nosso balão ficou travado nas árvores. Agora que está todo mundo bem, tá todo mundo feliz, mas pensa no susto“, disse ele.

Continua depois da Publicidade

Nos vídeos, que já foram apagados pelo ex-BBB, é possível ver o balão rasgado entre as árvores. Mais tarde, ele voltou para reafirmar que estava tudo bem. “Deu tudo certo, agora vamos descansar. Pra deixar claro, o passeio é animal, a vista lá de cima é show de bola, o que aconteceu com a gente é muito raro. Aqui na cidade foi a primeira vez, nosso piloto era um dos melhores do Brasil. Aconteceu, estava no nosso destino“, esclareceu.

Continua depois da Publicidade

Luiz Felipe Lemos, tenente-coronel do Corpo de Bombeiros da região, afirmou que nem o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), nem a Defesa Civil foram acionados para atender a emergência. Com recursos das próprias empresas, os passageiros e pilotos foram levados até o hospital.

A prefeitura pretende reunir todos os pilotos e apurar todos os fatos do que aconteceu. Será feito um relatório ao final disto“, disse Lemos ao G1. Segundo a administração municipal, nos cinco anos em que a atividade de balão de ar ocorre na cidade, nunca aconteceu algo do tipo. Agora, eles pretendem contratar uma assessoria meteorológica para auxiliar nessa questão.

Continua depois da Publicidade

Neste caso, algumas pessoas [empresas] voaram e outras não. [A contratação da assessoria servirá] para que nós tenhamos uma organização dos voos. Quem vai dar a palavra final dos voos vai ser a prefeitura. E [vamos] criar leis para quem desrespeitar isso“, explicou o secretário de turismo.

Em nota, a prefeitura de Praia Grande disse: “O incidente envolveu 3 balões de ar quente, ocorrendo devido ao mau tempo não previsto nos aparelhos meteorológicos. Os balões fizeram um pouso de emergência, sendo que em um deles houve ferimentos dos passageiros. Oito pessoas foram levadas ao hospital: duas com fraturas no braço e clavícula, e seis apenas com escoriações“. Veja mais fotos do acidente: