Sul do Brasil tem registro de neve em 13 cidades, e rende memes na web. (Reprodução/Twitter)

Sul do Brasil tem registro de neve em 13 cidades, e rende memes na web: “Alguém pede pra Elsa passar aqui também”; veja fotos e vídeos!

Você quer brincar na neveeee?! Uma forte frente fria que está passando pelo sul do Brasil, trouxe neve e colocou as temperaturas lá embaixo, nesta quarta-feira (28). A neve foi registrada em pelo menos 13 cidades do Rio Grande do Sul e, para a alegria dos turistas, a expectativa é que continue nevando ao longo da madrugada. O frio intenso, que pode durar até o dia 1° de agosto, está, inclusive, chegando a alguns pontos das regiões sudeste e centro-oeste.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), na serra gaúcha a previsão é de mínimas entre -8°C e -10°C, com sensação térmica chegando a -25°C. No sudeste, as menores temperaturas estão previstas para quinta (29) e sexta-feira (30), principalmente na Serra da Mantiqueira. Alguns bairros da capital paulista podem registrar temperaturas negativas, com máxima de 15°. Bem vibes “let it go”, né, minha gente?

Alguns internautas aproveitaram para publicar fotos e relatos sobre a temperatura nas redes sociais, fazendo com que a frase “tá nevando”, fosse parar nos assuntos mais comentados do Twitter no Brasil. E — pasmem — teve até boneco de neve! “Acredite ou não, isso foi filmado no Brasil”, escreveu um perfil. “Já nevou mais em Gramado hoje do que na última temporada inteira de Game of Thrones, disse outro.

Continua depois da Publicidade

Mas nem só de pessoas alegres com a neve vive o Twitter… quem mora em outras regiões, como norte e nordeste, ficou bem chateado por estar acompanhando o fenômeno apenas pelas redes sociais. “Eu vendo o pessoal de Gramado falando que lá tá nevando enquanto na minha cidade tá pra pegar fogo”, escreveu um perfil. “Alguém pede pra Elsa do Frozen passar nos outros lugares do Brasil também, pelo amor de Deus”, disse um dos usuários kkkkk. Confira:

Importante: A frente fria é uma das maiores dos últimos tempos. O levantamento do Movimento Nacional da População de Rua indica que pelo menos 14 pessoas já morreram em decorrência do frio, somente neste ano. Se você tem condições de ajudar, pegue roupas quentes, cobertores, meias e alimentos e procure quem precisa!