Assalto Village Mall

Vídeo flagra roubo de joias em assalto no Village Mall no RJ; polícia revela detalhes do crime — assista

Imagens das câmeras de segurança captaram o momento em que um dos criminosos rouba o cofre da joalheria atacada

Uma joalheria foi alvo de uma ação de pelo menos 12 criminosos no último sábado (25), no shopping Village Mall, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. O assalto resultou na morte de um vigilante, Jorge Luiz Antunes, de 49 anos. Nesta quinta-feira (30), o “RJ2”, da TV Globo, teve acesso a imagens do instante em que o cofre da loja foi invadido.

As câmeras de segurança do estabelecimento capturaram o momento em que um dos bandidos entra no cofre armado. Ele começa a colocar as joias e relógios de luxo numa bolsa que traz junto consigo. Uma funcionária é obrigada a ajudar enquanto está ameaçada e rendida pelos criminosos. Ela entrega um saco de lixo ao homem e ele continua despejando os objetos que estavam em bandejas.

Continua depois da Publicidade

Entenda o caso

O g1 reconstituiu o passo a passo dessa noite de terror, reunindo depoimento de testemunhas. Segundo a publicação, pelo menos quatro homens entraram no Village Mall. Pouco antes do crime, por volta das 18h00, três deles se sentaram em mesas separadas da cafeteria Tea Shop, em frente à joalheria. Um deles chegou a pedir um capuccino, sem nenhuma preocupação em ocultar seus rostos.

Tiroteio Village Mall2 (1)
Um dos criminosos deu 50 disparos na vitrine e para o alto do shopping. (Foto: Reprodução)

De repente, os três se levantaram em uma ação coordenada e fizeram dois atendentes da cafeteria reféns. O quarto homem, por sua vez, chegou à porta da Sara e rendeu o segurança da loja. Duas funcionárias e a gerente da joalheria também foram rendidas. Os criminosos, então, exigiram que o cofre fosse aberto e levaram todos os reféns até lá. No local, eles encheram suas sacolas e bolsas com os itens que roubariam, como relógios das marcas Rolex e Cartier, que chegam a custar mais de R$ 100 mil.

Na sequência, eles saíram da loja e um dos assaltantes disparou pelo menos 50 vezes, dando tiros contra a vitrine da Sara e para o alto do shopping. Três dos reféns passaram a ser escudos humanos dos criminosos, quando iniciaram sua fuga. Neste momento, todos desceram até o térreo e correram para o portão principal. Lá, pelo menos oito motos ligadas já aguardavam os bandidos. Os reféns também foram liberados. Contudo, um dos envolvidos atirou no rosto de Jorge Luiz durante a fuga. O segurança do shopping, que estava desarmado, não resistiu e faleceu na hora.

O comboio, por fim, fugiu em direção à Cidade de Deus. Ainda não se sabe se eles ficaram na comunidade, ou se posteriormente pegaram a Linha Amarela – via expressa que corta a Zona Norte do Rio, e liga a Baixada de Jacarepaguá à Ilha do Fundão.

Continua depois da Publicidade

Suspeito é identificado

A Polícia Civil divulgou hoje o nome de um dos suspeitos, que foi identificado 24 horas após a ação. Rodolfo Nascimento Silva, o ‘Mão’ ou ‘Mãozinha’, tem 29 anos e é foragido da Justiça do Pará. De acordo com os investigadores da Delegacia de Homicídios, ele teria comandado a ação criminosa no shopping. Vítimas do episódio teriam reconhecido Mão como um dos autores do Crime.

Assalto Village Mall Denuncia
A polícia do Rio de Janeiro oferece R$ 50 mil por informações sobre os envolvidos no assalto à joalheria. (Foto: Divulgação)

O homem tem três mandados de prisão pendentes pelos crimes de homicídio. Ele seria uma das lideranças de uma facção criminosa em atuação no Pará. Rodolfo também era um dos alvos de uma operação policial que ocorreu em maio, na Vila Cruzeiro, e que deixou 23 mortos. Agora, o Disque Denúncia (2253-1177) está coletando informações que levem à prisão dos envolvidos no crime e do responsável pela morte do vigilante, com uma recompensa de R$ 50 mil.