Fotojet (33)

Alec Baldwin: Diretor assistente admite que não fez inspeção adequada de arma usada por ator; saiba detalhes

Mais um importante desdobramento nas investigações sobre a morte trágica da diretora Halyna Hutchins no set de filmagem do longa “Rust”. De acordo com o Deadline nesta quarta-feira (27), o diretor assistente da produção, Dave Halls, concedeu um depoimento assumindo que não fez a checagem apropriada na arma que foi dada para Alec Baldwin, responsável pelo tiro acidental que matou a colega de equipe e feriu o diretor Joel Souza.

Nos relatos anexados ao processo, Halls explicou como funcionava o protocolo de segurança da armas, feito por ele e a armeira, Hannah Gutierrez. “Eu verifico o cano para ver se há obstruções, na maioria das vezes não há munição real, ela abre a escotilha e gira o tambor, e eu digo ‘arma fria’ no set”, afirmou. Esse trecho, inclusive, condiz com os outros depoimentos divulgados até então. Momentos antes do disparo, segundo Joel Souza, Halls gritou dentro do set a expressão utilizada para avisar que uma arma está descarregada.

“David avisou que quando Hannah lhe mostrou a arma de fogo antes de continuar o ensaio, ele só conseguia se lembrar de ter visto três cartuchos. Ele assumiu que deveria ter verificado todos eles, mas não o fez, e não conseguia se lembrar se Hannah girou o tambor”, transcreveram os oficiais no documento. A armeira, por sua vez, falou com as autoridades que havia verificado a munição do revólver antes do ensaio. Ela apontou que todas as balas nele eram apenas cenográficas, e alegou que não havia cartuchos reais no set. A profissional acrescentou que as armas que seriam usadas na sequência ficaram trancadas dentro de um caminhão durante a pausa que a equipe fez para o almoço, mas afirmou que outras pessoas tinham a chave para ter acesso ao local.

Dave Halls Diretor1
O diretor assistente Dave Halls já foi demitido por outro episódio envolvendo um disparo de arma num set. (Foto: Reprodução)

Em meio ao caos do tiro acidental, Dave Halls alegou ter verificado a arma junto de Hannah. Ali, ele encontrou quatro cartuchos com um orifício lateral, utilizado para comprovar que são munições falsas. Um outro cartucho não tinha o orifício e estava sem a espoleta, parte responsável por impulsionar um projétil. Esse trecho também vai de encontro com outra apuração que está sendo feita pela polícia.

Continua depois da Publicidade

Adan Mendoza, xerife do condado de Santa Fé, no Novo México, declarou em uma coletiva de imprensa desta quarta-feira (27), que investigadores acharam um projétil de chumbo que pode ter sido disparado por Baldwin naquele dia fatídico. “Uma arma foi entregue ao Sr. Baldwin. A arma é funcional e disparou uma rodada viva [balas de verdade]. Sabemos que houve uma rodada de disparos reais e suspeitamos que houve outros disparos reais, mas isso será determinado com testes. Vamos determinar, ainda, como essa arma carregada chegou até Alec Baldwin, onde não deveria estar”, disse o oficial. De qualquer forma, essas informações — ou a falta delas — têm servido para confirmar que o set de “Rust” tinha um protocolo de segurança com as armas bem precário.

Histórico conturbado

Esta não é a primeira vez que o nome de Dave Halls está associado a um episódio de acidente dentro de sets de filmagem. Segundo a CNN norte-americana, ele já havia sido demitido por um acidente parecido, que deixou uma pessoa ferida. A empresa Rocket Soul Studios revelou que desligou Halls em 2019, quando ele trabalhava no filme “Freedom’s Path”.

Actor Alec Baldwin Fatally Shoots Movie Crew Member With Prop Firearm
Rancho em que filme era filmado foi fechado. Foto: Getty

Na época, uma arma “disparou inesperadamente” e um membro da equipe de som “se retraiu com a explosão”. O profissional ferido foi avaliado ainda no local, teve de passar por um tratamento médico e só retornou à produção dias depois. Como consequência, o diretor assistente teve de ser afastado: “Halls foi retirado do set imediatamente e a arma cenográfica foi descarregada. A produção não voltou até que Dave estivesse fora do set”.

Continua depois da Publicidade

Pouco depois, veio a demissão. “No final da produção no dia, Dave Halls foi oficialmente demitido e a razão da demissão foi dada a ele. Dave estava muito arrependido pelos acontecimentos, e entendeu o motivo de ser demitido. Um novo assistente de direção, assim como um novo especialista em armas foi contratado para o período principal das filmagens. A produção do filme terminou com sucesso”, relatou a companhia.

Colegas de Halls relataram uma série de atitudes inadequadas por parte dele, como um suposto desrespeito aos protocolos de segurança em relação a equipamentos perigosos em cena, bloqueio de saídas de incêndio e quando algum membro da equipe se feria. Tudo isso sem falar de depoimentos que alegam um comportamento sexual impróprio dele com colegas que geraram denúncias de assédio.