Alec Baldwin Halyna

Alec Baldwin: Funcionários se demitiram horas antes de disparo fatal, e incidente com tiro não foi o primeiro, diz site

Segundo insiders, alguns operadores de câmera e assistentes estavam “frustrados com as condições acerca do filme de orçamento baixo”. Entre as reclamações, a equipe estaria insatisfeita com extensas horas de trabalho, além do pagamento. Depois do início das filmagens, os funcionários também teriam sido informados que precisariam viajar cerca de 80 quilômetros todo dia, ao invés de se hospedarem na cidade de Santa Fé, onde fica o set.

Halyna HutchinsAos poucos, novas informações sobre a trágica morte de Halyna Hutchins vem à tona. De acordo com o Los Angeles Times, funcionários da equipe do filme “Rust” teriam protestado e pedido demissão horas antes da tragédia. Fontes ainda revelaram que não é a primeira vez que ocorre um incidente com armas cenográficas no set de filmagens – assim como aconteceu com Alec Baldwin.

tps://media.hugogloss.uol.com.br/uploads/2021/10/halyna-hutchins.jpg 1280w, https://media.hugogloss.uol.com.br/uploads/2021/10/halyna-hutchins-617x347.jpg 617w, https://media.hugogloss.uol.com.br/uploads/2021/10/halyna-hutchins-192x108.jpg 192w, https://media.hugogloss.uol.com.br/uploads/2021/10/halyna-hutchins-768x431.jpg 768w" sizes="(max-width: 650px) 100vw, 650px" />
Seis horas antes da morte de Halyna Hutchins, funcionários da equipe de “Rust” teriam protestado por mais segurança e melhores condições de trabalho. (Foto: Getty)

Um membro da equipe ainda contou que Halyna vinha defendendo que sua equipe tivesse condições mais seguras de trabalho. “Eles estavam fazendo alguns cortes e trouxeram pessoas não-sindicalizadas para que pudessem continuar a filmar”, relatou uma fonte. Seis profissionais teriam se retirado do set em protesto por tudo isso. Seis horas depois, veio o episódio em que a diretora de fotografia perdeu sua vida.

Continua depois da Publicidade

De acordo com o Deadline, sete pessoas se demitiram horas antes. Alguns deles chegaram a escrever cartas de demissão. Esses membros da equipe haviam levado seus equipamentos pessoais e tinham uma série de reclamações, incluindo queixas sobre segurança.

Gettyimages 1345530823
Além do disparo de Alec Baldwin, a equipe de “Rust” já teria registrado outros dois incidentes com armas cenográficas. (Foto: Getty)

Os relatos também indicam que, na semana passada, em 16 de outubro, outros acidentes com armas já haviam acontecido. “Uma arma teve dois disparos acidentais em uma cabine fechada. Foram dois estouros altos – uma pessoa estava só segurando nas mãos e disparou”, revelou uma fonte. No entanto, a publicação não citou se o episódio anterior deixou algum ferido. A Rust Produções também se pronunciou sobre o assunto. Confira:

“A segurança do nosso elenco e equipe é a maior prioridade da Rust Produções e todos associados com a empresa. Embora não estivéssemos cientes de nenhuma reclamação oficial sobre a segurança de armas e objetos cenográficos no set, vamos realizar uma revisão interna de nossos procedimentos enquanto a produção estiver interrompida. Nós vamos continuar a cooperar com as autoridades de Santa Fe na investigação e oferecer serviços de apoio à saúde mental ao elenco e à equipe neste momento trágico”, disse a nota.

Entenda o caso

Uma pessoa morreu e outra ficou ferida após um acidente ocorrido nessa quinta-feira (21), no set de filmagens de “Rust” – faroeste estreado por Alec Baldwin, gravado no Novo México, EUA. Através de um comunicado oficial, a polícia de Santa Fé confirmou que o protagonista do longa foi responsável pelo disparo de uma arma cenográfica.

Continua depois da Publicidade

“Os delegados do xerife do condado de Santa Fé foram enviados para o Rancho Bonanza Creek, quando uma ligação do 911 relatou um tiroteio no set de filmagem do faroeste ‘Rust’. O gabinete confirma que os dois indivíduos baleados no set foram a diretora de fotografia Halyna Hutchins, 42, e o diretor do filme, Joel Souza, 48, atingidos quando uma arma cenográfica foi disparada pelo ator e produtor Alec Baldwin”, diz a nota.

Fotojet (23)
Halyna Hutchins e Joel Souza. (Foto: Getty/Reprodução/IMDB)

De acordo com as autoridades locais, Hutchins chegou a ser levada de helicóptero até o hospital da Universidade do Novo México, em Albuquerque, mas não resistiu aos ferimentos. Souza, por sua vez, foi transportado de ambulância para o Centro Médico Regional Christus St. Vincent, onde permaneceu até a manhã dessa sexta-feira (22), para receber tratamento após ser atingido no ombro pelo disparo.

Continua depois da Publicidade

A confirmação de que o diretor recebeu alta veio da atriz e membro do elenco de “Rust”, Frances Fischer, que respondeu a um tuíte de Patricia Arquette, lamentando a tragédia. “Meus sentimentos à família de Halyna Hutchins. Que perda devastadora. Envio boas energias ao Joel Souza. Tenho certeza que todos estão em pedaços. Alec Baldwin disparou uma arma cenográfica que matou a diretora e feriu o diretor”, escreveu ela. “O diretor Joel Souza me disse que já saiu do hospital”, avisou Fischer.

Ainda de acordo com a polícia de Santa Fé, o disparo teria acontecido durante uma das cenas, mas ainda não se sabe se esta fazia parte dos ensaios ou se foi de fato gravada. “Detetives estão buscando como e que tipo de munição foi disparado. Esta investigação permanece aberta e ativa. Nenhuma acusação foi apresentada em relação a este incidente. As testemunhas continuam a ser entrevistadas por oficiais”, informou.

Continua depois da Publicidade

A produção do longa foi paralisada. Segundo o Deadline, Baldwin chegou a depor ainda ontem e foi liberado. A revista People divulgou uma imagem em que o ator aparece “perturbado e em lágrimas” no set, enquanto falava ao telefone. Um porta-voz do artista também chegou a comentar o episódio, de forma breve. “Houve um acidente envolvendo uma falha de ignição de uma arma cenográfica”, disse à publicação.

Alec
Ontem, pela manhã, o ator chegou a publicar uma foto no Instagram, em que aparecia caracterizado no set e com sangue em suas vestes. A publicação, entretanto, foi apagada após a tragédia. (Foto: Reprodução/Instagram)

“Rust” é um filme de velho oeste estrelado e produzido por Alec, que também tem no elenco Jensen Ackles (“Supernatural”) e Travis Fimmel (“Vikings”). Baldwin interpreta o personagem que dá o nome à produção, que se passa no Kansas de 1880. Rust é o avô fora da lei de um menino de 13 anos condenado por um assassinato acidental.

Continua depois da Publicidade

Alec Baldwin se manifesta

Nesta sexta-feira (22), Alec Baldwin se manifestou publicamente pela primeira vez. Em seu Twitter, o ator lamentou e se disse “chocado” com o acontecido, que culminou na morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins. “Não existem palavras para traduzir meu choque e minha tristeza em relação a esse trágico acidente que tirou a vida de Halyna Hutchins, uma esposa, mãe e nossa profundamente admirada colega. Estou cooperando totalmente com a investigação da polícia para entender como essa tragédia ocorreu“, escreveu o astro.

Estou em contato com seu marido, oferecendo meu apoio para ele e sua família. Meu coração está quebrado por seu marido, seu filho, e todos que conheciam e amavam Halyna“, finalizou o comunicado.