Após polêmicas, pai de Britney Spears deixa a tutela da cantora; “Cuidadora” é nomeada substituta; entenda!

Vitória do movimento #FreeBritney? Nesta segunda-feira (09), o pai de Britney Spears, Jamie, deixou a tutela da filha após 11 anos. A People confirmou a informação hoje, depois que ele entrou com o pedido para a corte norte-americana.

Um juiz aprovou que a tutela da estrela seja assumida por Jodi Montgomery, que já trabalha há algum tempo como “cuidadora” da diva. Ela estará temporariamente nessa função, assumindo todas as responsabilidades e “mesmos poderes” que estavam assegurados a Jamie.

Britney Spears (Foto: Ethan Miller/Getty Images)

“[Montgomery] deve ter poder de se comunicar com pessoal médico do tratamento e outros a respeito [de Britney], e ter acesso a todo e qualquer registro do tratamento médico, diagnósticos e testes a respeito [de Britney]… [Montgomery] deve ter acesso a todo e qualquer registro a respeito do tratamento psiquiátrico, diagnóstico e testes [de Britney]”, estabelece o documento.

Segundo o TMZ, a mudança teria ocorrido porque o pai de Brit alega estar doente. Por conta disso, ele pediu à Justiça para que Jodi o substituísse até janeiro. Mas Jamie enfrenta uma questão polêmica ainda maior…

Acusação de “abuso infantil”

Na semana passada, o The Blast noticiou que Jamie está sob investigação por abuso infantil, envolvendo um de seus netos. De acordo com o que a polícia revelou, Kevin Federline – ex de Britney e pai de seus dois filhos – fez a denúncia em 25 de agosto. Quando esteve na delegacia, o rapaz registrou uma ocorrência alegando que Jamie teria agredido seu filho Sean, de 13 anos.

Os oficiais não deram detalhes específicos sobre quais teriam sido os supostos ferimentos, em respeito à integridade do garoto, que é menor de idade. A única informação divulgada é que o relatório policial aponta que Sean teria sofrido “abuso”, ou “agressão” de seu avô, enquanto estava sob os cuidados da mãe.

Com o incidente, Britney teria afastado as crianças de Jamie e os levado de volta a sua casa. Mais tarde, Federline foi buscá-los e passou o resto do dia com eles. Conforme determinado pelo acordo da guarda, enquanto Britney passa seu tempo com os filhos, o avô dos garotos teria sido escolhido pela justiça para atuar como um monitor.

Britney Spears e seu ex, Kevin Federline, pai de seus dois filhos. (Foto: Getty)

O site afirma ainda que os investigadores já entrevistaram todos os envolvidos no caso. A ocorrência também já foi enviada à promotoria da justiça local. Caso o pai da estrela seja indiciado, o delito provavelmente seria considerado como uma contravenção, ou uma má conduta, como um pequeno crime. Mas que situação, hein…

Morte de médico envolvido no caso

Além de tudo isso, outra coisa inesperada aconteceu… O médico envolvido no caso da tutela da diva morreu recentemente, semanas antes de o juiz avaliar se Britney estava realmente recebendo um tratamento apropriado. O psiquiatra faleceu no dia 24 de agosto, mas sua morte foi revelada apenas agora, nesta segunda (09).

De acordo com o que fontes revelaram ao TMZ, o Dr. Timothy Benson veio a óbito após um aneurisma, apesar da causa ainda não ter sido divulgada oficialmente. Se essa informação por si só já é inesperada, ficamos ainda mais surpresos ao analisar o timing disso tudo.

Britney Spears no anúncio de sua nova turnê em Las Vegas, ‘Britney: Domination’, em outubro de 2018. (Foto: Getty)

Segundo insiders, o juiz do caso receberá um relatório sobre o tratamento ainda nos próximos 10 dias. Isso após um perito ter passado três meses em observação, determinando se os cuidados médicos da estrela foram apropriados ou não.

Benson conquistou uma boa reputação após trabalhos com times da NFL e da NBA, inspirando atletas a serem bem-sucedidos. Ainda assim, por todas as polêmicas nessa situação, seu profissionalismo e expertise foram alvos de dúvidas. Como aconteceu com a própria mãe da cantora…

Lynne Spears já havia sido crítica sobre a tutela da artista ainda estar nas mãos de Jamie. Então, ela também questionou sobre o tratamento ao qual Brit estava submetida. Conforme revelado por alguns informantes, ela havia falado exatamente isso em uma audiência, realizada meses atrás.

Relembre a internação de Britney

Em maio, Britney teria dito que o pai a internou numa clínica de saúde mental contra sua própria vontade e a obrigou a tomar remédios. O TMZ também informou que o advogado de Lynne endossou a alegação. De acordo com o site, a musa queria mais liberdade e pediu ao juiz alguns ajustes, mas não conseguiu de imediato. Ao invés disso, ele teria ordenado que um perito avaliasse a cantora, para discutir alguma mudança na tutela.

Até então, o que havia sido relatado era que Britney havia se internado em um hospital psiquiátrico no início de abril, depois de se sentir desestruturada mentalmente com a piora do estado de saúde de seu pai, Jamie Spears. No entanto, a cantora foi vista no hotel Montage, em Beverly Hills, quando foi passar a Páscoa com o namorado Sam Asghari. Na ocasião, o TMZ apontou para o fato de que a saída teria sido restrita ao feriado.

Apesar de parte dos fãs acreditar que a internação da cantora teria sido forçada, a versão oficial era de que, com a piora do estado de saúde do pai da estrela, que teve o cólon rompido no final do ano passado, a diva pop tomou a decisão de cancelar sua residência em Las Vegas. Mais tarde, ela teria resolvido ir para a clínica psiquiátrica por conta do abalo emocional. Você pode conferir as fotos de Britney saindo da clínica, clicando aqui.

O pai de Britney tinha controle sobre a carreira da cantora desde 2008, época em que ela também passou por problemas de saúde mental. Ele se tornou o único responsável por Britney, após o advogado Andrew Wallet se demitir em março. Jamie tinha o poder de agir como o guardião legal da artista, tomando decisões que vão desde suas finanças até sua vida pessoal – como, por exemplo, se ela pode se casar ou não.

Lynne, que se divorciou em 2002 de Jamie, colocou mais lenha na fogueira na época, ao curtir comentários no Instagram de fãs que acreditam que a cantora está sendo mantida na clínica contra sua vontade. Um dos comentários curtidos dizia: “Eu realmente espero que você esteja apoiando a Britney na tentativa de acabar com a tutela. Eu realmente espero que seu ex-marido doente não esteja mantendo sua filha em algum lugar contra a vontade dela”.

Britney Spears e Sam Asghari na praia em Miami (Foto: SplashNews)

De acordo com acordo com o TMZ, houve problemas na mudança de medicamentos de Britney. Primeiro, os especialistas precisavam tirar da cantora dos remédios que ela estava tomando — algo que não pode ser feito rapidamente, pois há risco de suicídio se não for feito da maneira correta. Durante o processo, eles criaram um novo coquetel, que deixou Britney instável, inicialmente, e não disposta a cooperar com os médicos. Assim, ela foi internada em uma clínica psiquiátrica. De acordo com os relatos, os médicos acharam que finalmente encontraram a mistura certa de remédios.

Então, Britney deixou a clínica psiquiátrica no dia 25 de abril acompanhada pelo namorado, Sam Asghari, quando foi fotografada em seu carro. Ao ver a preocupação dos fãs de que ela fora internada contra sua vontade, nossa princesinha do pop publicou um vídeo em suas redes sociais na noite do dia 23 de abril e se manifestou sobre a repercussão que o caso tem tomado. “Minha família tem passado por muito estresse e ansiedade ultimamente, então eu só precisava de tempo para lidar com isso. Mas não se preocupem, estarei de volta muito em breve“, informou a cantora na gravação. Confira:

View this post on Instagram

I wanted to say hi, because things that are being said have just gotten out of control!!! Wow!!! There’s rumors, death threats to my family and my team, and just so many things crazy things being said. I am trying to take a moment for myself, but everything that’s happening is just making it harder for me. Don’t believe everything you read and hear. These fake emails everywhere were crafted by Sam Lutfi years ago… I did not write them. He was pretending to be me and communicating with my team with a fake email address. My situation is unique, but I promise I’m doing what’s best at this moment 🌸🌸🌸 You may not know this about me, but I am strong, and stand up for what I want! Your love and dedication is amazing, but what I need right now is a little bit of privacy to deal with all the hard things that life is throwing my way. If you could do that, I would be forever grateful. Love you ❤️❤️❤️

A post shared by Britney Spears (@britneyspears) on