Festa com show de Bruno, dupla com Marrone, e ex-BBBs vira caso de polícia em Goiás; veja imagens e saiba os detalhes!

Vixe! Na noite deste sábado (27), uma festa – que contou com um show de Bruno, da dupla com Marrone – virou caso de polícia na cidade de Caldas Novas, em Goiás. De acordo com o relato dos oficiais, a celebração de aniversário do empresário Brunno Faria descumpria o decreto público do município, que proíbe eventos com aglomerações.

Alexandre Câmara, tenente da Polícia Militar, contou ao jornal “O Popular” que a corporação foi chamada inicialmente por uma denúncia de som alto. Ao chegarem no local, por volta das 21h, os agentes pediram apenas que reduzissem o volume da música, imaginando que fosse uma simples confraternização familiar, sem qualquer aglomeração.

Numa das imagens que circulam nas redes sociais, Bruno aparece no palco do evento. (Foto: Reprodução/Instagram)

Continua depois da Publicidade

No entanto, novas denúncias chegaram à polícia com fotos anexadas – mostrando que a festa era bem maior. As imagens foram divulgadas pelas redes sociais, deixando claro que havia um palco para apresentações e, em uma delas, o sertanejo Bruno até aparecia cantando. Com isso, os policiais retornaram ao local, conversaram com o proprietário e descobriram que se tratava de sua festa de aniversário.

No aniversário, o empresário Marquinhos Malaquias postou uma foto com Bruno em seu Instagram, mostrando que estava com o artista na ocasião. (Foto: Reprodução/Instagram)

De acordo com a PM, aproximadamente 50 pessoas foram flagradas no evento. Dentre os presentes, estavam também as ex-BBBs Ivy Moraes e Anamara, que surgiram juntas numa foto em frente ao palco enquanto Bruno estaria se apresentando. Quanto à participação do artista, o tenente afirmou: “Segundo informações que coletamos, o cantor é amigo do proprietário e por isso estava no local”.

Continua depois da Publicidade

Apesar disso, quando as autoridades chegaram na festa pela segunda vez, por volta das 23h, Bruno e outras atrações não estavam mais por lá. Com todas as evidências em mãos e com o flagrante, a Polícia Militar fez um Termo Circunstanciado de Ocorrência contra o dono da propriedade, e colocou um ponto final no aniversário, mandando todos os convidados para casa.

Na festa “proibida”, muitos dos convidados não usaram máscara e descumpriram o decreto público. (Fotos: Reprodução/Instragram)

Por conta da pandemia do coronavírus, a cidade de Caldas Novas está sob um decreto que proíbe o funcionamento do comércio local, bem como a realização de eventos que promovam aglomerações – haja vista a potencial propagação da Covid-19. Com a festa, os convidados evidentemente desrespeitaram a quarentena e infringiram a determinação da legislação.