Kevin Hart pede desculpas à comunidade LGBTQ+ após polêmica de tuítes homofóbicos

Aqui vamos nós para mais um capítulo da polêmica envolvendo Kevin Hart e sua desistência de apresentar o Oscar deste ano. Como todos devem saber, o bapho começou quando tuítes de cunho homofóbico publicados pelo comediante foram trazidos à tona em dezembro, após ele ser anunciado como anfitrião da edição 2019 da maior premiação do cinema.

Após desistir de assumir o posto, Kevin deu algumas entrevistas afirmando que já tinha se desculpado pelos comentários preconceituosos, e voltou a ser criticado já que ninguém encontrava esse pedido de desculpas. Pois bem, o ator resolveu acabar de vez com essa polêmica e se desculpou por ter ofendido membros da comunidade LGBTQ+.

Durante seu programa na rádio SiriusXM nesta segunda-feira (7), ele afirmou: “Vou dizer isso e quero deixar bem claro. Vou dizer isso só para o caso de vocês tentarem pegar essa m*rda e cortar, eu vou refutar com essa parte bem aqui. Mais uma vez, Kevin Hart pede desculpas por seus comentários que feriram os membros da comunidade LGBTQ+. Eu peço desculpas“, disse o ator. Ouça abaixo:

Em outro trecho da entrevista, ele ainda acrescentou: “Eu não estou debatendo o que é certo e errado. Eu já disse que está errado. Mas o outro lado é isso. Se a luta da comunidade LGBTQ+ é por igualdade, essa é a luta. A luta é a vontade e o desejo de igualdade. Eu estou andando com vocês. Eu entendo vocês. Mas na luta pela igualdade, isso significa que tem que haver uma aceitação para a mudança“.

Escute a entrevista na íntegra:

Anteriormente, o ator já tinha se defendido da acusação de que o pedido de desculpas não existia. “Eu me lembro do período em 2011 em que isso [os tweets] veio à tona e eu tive que dizer a uma pessoa da comunidade LGBTQ, ‘Ei, eu entendo. E quer saber? Estou errado. Mas não posso fazer nada pelas piadas porque já foi. Não posso fazer nada pelos tweets porque eles já estão lá. Eu estava errado. Nunca mais vai acontecer e eu sinto muito. Por favor, aceite as minhas desculpas’”, explicou Kevin durante entrevista ao podcast “Playback”, da Variety.

*Leia também:

– Kevin Hart se defende após ser acusado de mentir sobre suposto pedido de desculpa por tweets homofóbicos

– Ellen DeGeneres é criticada por apoiar Kevin Hart em polêmica de tuítes homofóbicos e se defende nas redes sociais; vem ver!

– Após polêmica, Kevin Hart se abre sobre a recusa da apresentação do Oscar e é surpreendido por Ellen DeGeneres, assista!

– Eita! Kevin Hart abandona o posto de apresentador do Oscar, após tuítes ‘desenterrados’; entenda a polêmica!

Apesar de ter dito no podcast que não aceitaria ser anfitrião do Oscar novamente, o comediante parece ter mudado de ideia após sua entrevista ao programa da apresentadora Ellen DeGeneres, que rolou algumas horas depois do papo no “Playback”.

Como falamos aqui, o comediante apareceu no “The Ellen DeGeneres Show” e foi surpreendido pela loira. “Eu liguei para a Academia hoje, porque realmente quero que você apresente o Oscar. (…) Então liguei para eles e disse: ‘Não tenho ideia se o Kevin quer voltar atrás e apresentar, mas o que vocês acham?’. E eles disseram: ‘OMG! Nós queremos que ele apresente, mas, talvez, tenha acontecido um mal entendido, ou nós dissemos a coisa errada, mas nós queremos que ele apresente’”, disse ela. Ellen, aliás, foi bastante criticada por apoiar a volta do comediante ao Oscar 2019.

O papo com Ellen, que insistiu para que Kevin aceitasse novamente ser o anfitrião da cerimônia, parece ter feito o ator reavaliar a situação. “Você disse muitas coisas incríveis. Sei como é nosso relacionamento. Então, prometo que estou avaliando essa conversa. Esse bate-papo era o que eu precisava ter”, disse ele. “Me deixe avaliar e realmente pensar e você e eu vamos nos falar antes de qualquer coisa”, respondeu Kevin.

Será que ele vai topar apresentar o Oscar 2019? A cerimônia está marcada para o dia 24 de fevereiro e segue sem um apresentador oficial. Vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos…