Fotojet (4)

Ex-miss EUA, Cheslie Kryst é encontrada morta aos 30 anos, após queda do 29º andar e bilhete em apartamento

Cheslie Kryst, que conquistou a coroa de Miss em 2019, fez post horas antes pedindo “descanso e paz”

[Alerta gatilho] A modelo e ex-Miss EUA, Cheslie Kryst, foi encontrada morta na manhã deste domingo (30), em Midtown Manhattan, Nova York. A norte-americana foi vista pela última vez no 29º andar do edifício Orion, onde morava. De acordo com informações policiais concedidas ao The New York Post, por volta das 7h15 ela teria pulado de um terraço e cometido suicídio.

O corpo foi encontrado minutos mais tarde na rua abaixo e levado pela polícia. Ainda segundo a publicação, Cheslie deixou um bilhete em seu apartamento revelando o desejo de repassar todos seus bens para a mãe, que foi coroada Miss Carolina do Norte em 2002. A nota não incluía um motivo para as ações da modelo. Além disso, horas antes da tragédia, a ex-miss fez uma publicação intrigante no Instagram, com a seguinte legenda: “Que este dia lhes traga descanso e paz”.

Aos 30 anos, Kryst também era formada em direito e atuava como repórter do programa Extra TV, tendo entrevistado celebridades como Lady Gaga, Taylor Swift e Rihanna. “Nossos corações estão partidos. Cheslie não era apenas uma parte vital do nosso programa. Ela era uma parte amada da família Extra e tocou toda nossa equipe. Nossas mais profundas condolências a toda sua família e amigos”, declarou a atração, em comunicado.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por ExtraTV (@extratv)

A família de Cheslie também lamentou a triste perda, em nota enviada ao Extra. “Com devastação e grande tristeza, compartilhamos a morte de nossa amada Cheslie. Sua grande luz foi aquela que inspirou outras pessoas ao redor do mundo com sua beleza e força. Ela se importava, ela amava, ela ria e ela brilhava”, declarou.

“Cheslie incorporou o amor e serviu aos outros, seja por meio de seu trabalho como advogada lutando pela justiça social, como Miss EUA ou como apresentadora. Mas o mais importante: como filha, irmã, amiga, mentora e colega – sabemos que seu impacto continuará vivo”, encerrou o texto.

IMPORTANTE: Se você ou alguém que você conhece está passando por dificuldades emocionais ou considerando o suicídio, ligue para o ‘Centro de Valorização da Vida’ pelo número 188. O CVV realiza apoio emocional, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email e chat 24 horas todos os dias. Para mais informações, clique aqui.