Rodolffo Header 2

Rodolffo entrega romance de Sarah, e faz pedido aos fãs sobre ship com a loira: “Não é saudável”; assista

Nesta terça-feira (1), Rodolffo, ex-participante do “BBB 21”, jogou a última pá de terra em “Sarolffo”, seu ship com Sarah Andrade. Em seu perfil no Instagram, o cantor compartilhou o quanto é desconfortável haver uma torcida por um relacionamento improvável, e pediu para que os fãs não insistam no ship. Além disso, o cantor acabou entregando o suposto romance de Sarah com o vencedor de “A Fazenda 11”, Lucas Viana. Eita!

Durante a edição deste ano do Big Brother Brasil, Sarah e Rodolffo foram grandes parceiros no jogo, até o momento em que romperam relações por conta do andar do programa. Alguns fãs dos dois criaram a ideia de um possível romance entre eles, mas que nunca aconteceu de fato, nem na casa e nem aqui fora. O cantor fez questão de afirmar que mantém apenas uma relação de amizade com a também ex-BBB, e que para shippar pessoas, é preciso que haja de fato um romance em curso ou interesse mútuo para algo a mais.

“Construí uma amizade muito bacana com muitos participantes do BBB. Durante o programa, vocês aqui de fora, está na moda de falar que ‘shippa’. O que eu queria falar é: a gente precisa tomar cuidado e cautela na intensidade disso. Às vezes junta um turbilhão de pessoas me shippando com outra pessoa sem ter a possibilidade de eu e a pessoa ter algum relacionamento ou pelo menos ficar”, disparou Rodolffo.

O dono do hit “Batom de Cereja” informou que Sarah e Lucas Viana sofreram ataques por parte do público após surgirem rumores de um possível romance entre os dois, e acabou entregando que os amigos estão “dando um cheiro”. “Eu entrei nesse assunto porque recentemente fiz uma campanha com a Sarah, ela tem a vida dela e eu tenho a minha. Sou amigo do Lucas Viana, ele estava dando um cheiro nela, ela nele e muitas pessoas foram atacar ele por conta desse ship, que me shippa com a Sarah. Isso não é saudável. Não tivemos nada na casa e nem fora também. Somos amigos, super respeito ela”, compartilhou.

Conforme o sertanejo, os fãs podem “shippar” um casal, desde que as pessoas envolvidas se sintam confortáveis. “Nos gostamos como amigos. Vamos curtir muitas coisas juntos, quando a pandemia acabar, como amigos. Segurem a onda nesses ships. Vocês precisam ter um pouco mais de cuidado para shippar. Entendam primeiro se o casal tem sentido e vai acontecer. O ship tem que rolar depois do casal, de fato, ser formado e divulgado. Senão, a brincadeira não fica saudável, fica desconfortável. O Lucas está super chateado por estar recebendo alguns ataques. Não façam isso. Não ataquem as pessoas injustamente”, desabafou Bastião.

Continua depois da Publicidade

Rodolffo aproveitou a deixa para comentar mais uma polêmica, dessa vez relacionada à homofobia. Durante o “BBB”, um vídeo dele afirmando não ter preconceito com a “criatura gay” viralizou. O conteúdo chegou a ser usado, inclusive, para apontar que certos momentos de irritação do cantor com Gil Nogueira durante o jogo seriam frutos da homofobia. Outras atitudes do ex-brother também foram vistas como discriminatórias por parte do público, como quando ele brincou com Fiuk por este ter recebido um vestido da produção para uma festa. Rodolffo, por sua vez, quis deixar claro que não tem preconceito algum. “O preconceito, racismo e homofobia existem. Se eu tivesse algum desses preconceitos as ações seriam outras. Talvez eu não suportaria a presença, eu não teria amizade, eu não ia beirar. Entendem?”, argumentou nos Stories. 

“Como eu disse, sempre tive e sempre respeitei meus amigos gays. Não tem nada a ver usar um trecho que falei ‘criatura gay’ para negativar e me colocar em uma posição de preconceito e homofobia. Isso está errado. A criatura sou eu, você que está assistindo, uma pessoa gay, qualquer ser que venha de uma criação. Para gerar engajamento, as pessoas estão fazendo de tudo! Eles querem números, likes. Eu quero isso também, mas tenho limites. Tem coisas que a gente não pode fazer, porque afeta outras pessoas, estraga carreiras, vidas. Gera negatividade”, concluiu o goiano.

Confira a série de vídeos de Rodolffo:

Rodolffo sobre homofobia: