Site revela como anda relacionamento dos irmãos Harry e William, após “grandes desentendimentos” e afastamento da realeza; confira!

Tudo certo entre eles! Depois do polêmico afastamento do príncipe Harry e de Meghan Markle dos cargos seniores da realeza, tudo indica que o clima está favorável entre o duque de Sussex e seu irmão, príncipe William. Segundo a especialista na família real, Katie Nicholl, ambos têm mantido contato após a mudança de Harry para Los Angeles.

“Claramente houve alguns grandes desentendimentos no seu relacionamento, mas as coisas melhoraram e eu sei que William e Harry estão se falando por telefone”, ela explicou ao Entertainment Tonight. “Eles fizeram chamadas em vídeo juntos, fizeram vários aniversários da família, e eu acho que pelo príncipe Charles [ter problemas de saúde], isso realmente forçou os irmãos a pegarem o telefone e voltarem a se falar”, afirmou. O príncipe Charles contraiu o novo coronavírus em março, mas já se recuperou da doença.

Príncipe William, Kate Middleton, príncipe Harry e Meghan Markle em seu último encontro pessoal, em março. (Foto: Getty)

Para Nicholl, Kate Middleton e William ficaram aliviados pela reaproximação, após o afastamento da realeza. “Acho que tem um senso de alívio em ambos os lados, de que esse dramalhão agora é uma coisa do passado… Os Sussexes estão livres para seguirem com suas novas vidas. Os Cambridges podem voltar às suas antigas vidas, sem toda a chateação e o drama que claramente foi uma coisa séria nos bastidores”, opinou a especialista. Da última vez que foram vistos juntos, a web apontou um ‘climão’ entre os cunhados.

Se eles sentem saudades dos papais de Archie? “Acho que Kate e William sentem falta de Harry e Meghan até certo ponto, mas certamente eles sentem falta do Harry ao redor, e sendo parte de suas vidas”, completou ela. Nicholl contou que Harry também sente falta dos projetos nos quais estava envolvido. “A ideia de que eles apenas iriam aos Estados Unidos e esqueceriam essas organizações e caridade, esse absolutamente não é o caso”, declarou.

Após a mudança com Meghan Markle, príncipe Harry tem mantido contato com instituições beneficentes e amizades que havia feito por lá. (Foto: Getty)

“Harry mantém contato com eles regularmente. Ele provavelmente sente falta de algumas pessoas com quem ele trabalha. Ele tem sido o patrono de iniciativas como WellChild por muitos, muitos anos, e ele firmou amizades muito próximas lá. Então, sim, ele está sentindo falta desses amigos, pegando o telefone e ligando para eles”, acrescentou Katie.

Por conta da pandemia do coronavírus, Harry e Meghan – assim como muitos – tem feito suas atividades de forma remota, sem poder viajar, ou comparecerem em diversos lugares. A correspondente da realeza acredita que isso já é um teste das alternativas para eles, e que será “o caminho do futuro” do casal real, enquanto eles residirem em Los Angeles. “Eles não vão entrar num avião o tempo todo para ir para o Reino Unido”, citou Nicholl.

Harry, Meghan e o bebê Archie estão se acostumando com uma nova fase na vida, em Los Angeles. (Foto: Toby Melville – Pool/Getty Images)

“A Covid-19 deu a eles uma oportunidade de testar uma das formas de trabalhar. Essas chamadas em vídeo são uma das formas deles se comunicarem e entrarem em contato com o pessoal que está em casa [Reino Unido]. Eu acho que a Covid-19 antecipou o que seria uma forma de trabalho deles no futuro, estando tão longe de tantas instituições beneficentes”, palpitou a especialista.

O importante é que a vida seguiu no novo país – e seguiu em paz!