Castelo inflável (Reprodução; Twitter; ABC News)

Cinco crianças morrem após castelo inflável “levantar voo” em escola na Austrália; entenda

Um dia que era pra ser de celebração, acabou virando uma tragédia. Nesta quinta-feira (16), cinco crianças morreram e outras ficaram feridas em um acidente com um castelo inflável durante uma festa de fim de ano em Devonport, na costa norte da Tasmânia, estado australiano. Segundo as informações da CNN Brasil, o brinquedo foi levantado do chão pela força do vento.

O castelo era um tipo de pula pula para os alunos comemorarem o fim do ano letivo e o recesso de Natal. Em nota, a polícia local explicou o que motivou o acidente: “Alunos da Escola Primária Hillcrest da 5ª e 6ª série caíram de uma altura de cerca de 10 metros depois que rajadas de vento significativas fizeram um castelo saltitante e várias bolas infláveis serem suspensos no ar”. 

Além de dois meninos e duas meninas, uma quinta vítima fatal ainda não teve o sexo revelado. Outras quatro crianças, de acordo com as autoridades, continuam internadas; uma delas segue em estado grave.

Sem informar as idades da vítimas, o chefe de polícia da ilha da Tasmânia, Darren Hine, confirmou as mortes em entrevista coletiva. “Em um dia em que essas crianças deveriam comemorar seu último dia na escola primária, em vez disso, estamos todos de luto por sua perda. Nossos corações estão partidos pelas famílias e entes queridos, colegas de escola e professores dessas crianças levadas muito cedo”, disse.

Castelo teria se soltado após forte ventania. (Foto: Reprodução; Twitter; ABC News)
Castelo teria se soltado após forte ventania. (Foto: Reprodução; Twitter; ABC News)

No momento do acidente houve uma comoção geral na cidade. Além de serviços de emergência, ainda foram enviados helicópteros para auxiliar no tratamento e transporte dos feridos. A comandante Debbie Williams conversou com a imprensa presente no local, afirmando que todo apoio será prestado às famílias das crianças.

“Este é um evento muito trágico e nossos pensamentos estão com as famílias e a comunidade escolar em geral. Não há dúvida de que esta tem sido uma cena muito confrontadora e angustiante. O aconselhamento está sendo disponibilizado para as famílias afetadas por isso na comunidade escolar”, afirmou ela. Apesar dos pronunciamentos, ninguém informou quantas crianças estavam no brinquedo no momento do acidente e se o castelo inflável estava firme ao chão.

Continua depois da Publicidade

O pula pula foi uma das várias atrações organizadas para o “Big Day In”, de acordo com a página da escola no Facebook. Outras atividades, que contaram com o apoio dos pais dos alunos, incluíram uma área de jogos, um tobogã, um espaço de artes e atividades manuais.

Após o acidente, a polícia pediu que a população evitasse a área. As redes sociais da escola publicaram um comunicado: “Aconteceu um acidente na área da nossa escola. Vamos fechar a escola pelo resto do dia. Pedimos que os pais venham buscar seus filhos com urgência”.

O primeiro-ministro da Tasmânia, Peter Gutwein, classificou a tragédia como “devastadora”. “Meus pensamentos estão com as pessoas envolvidas, mas obviamente com os pais das crianças que foram feridas”, disse.