Sayaka Kanda Takahisa Maeyama 768x431

Polícia descobre áudio que muda rumo de investigações sobre morte de atriz japonesa; entenda

Sayaka Kanda morreu após cair de hotel, e segundo áudio em posse das autoridades japonesas, o namorado da atriz disse a ela para morrer várias vezes

As investigações da morte da atriz japonesa Sayaka Kanda tiveram um importante desdobramento nesta semana. Na quarta-feira (5), o portal de notícias Bunshun revelou que as autoridades estão em posse de uma gravação com uma da brigas da artista de 35 anos com seu namorado, o também ator Takahisa Maeyama. No registro em áudio, feito momentos antes da queda fatal de Kanda em um hotel, o rapaz fala diversas vezes que a atriz deveria morrer.

Segundo a publicação, em diferentes momentos do desentendimento entre o casal é possível ouvir Maeyama dizer frases como “Vá para o inferno, você é realmente irritante”, “Eu falo sério, vá para o inferno”, e “Não seria ótimo se você morresse de uma vez? Todos ficariam felizes”. A briga teria sido motivada por questões envolvendo um apartamento tratado secretamente por Takahisa, enquanto o combinado seria que eles fossem morar juntos em Tóquio.

Poucas horas depois da divulgação da matéria feita pelo Bunshun, a equipe do ator anunciou que ele faria uma pausa em sua carreira profissional por tempo indeterminado. A principal alegação foi que ele “precisava se recuperar, após sofrer por más condições físicas e mentais desde o final do ano passado”.

Continua depois da Publicidade

Sayaka Kanda morreu no final de dezembro após cair de um prédio de 22 andares, em Hokaido, no Japão. A princípio, as autoridades japonesas divulgaram que trabalhavam no caso com a suspeita de suicídio, mas não descartaram a possibilidade de um crime ter ocorrido. A atriz teria deixado duas cartas de despedida, uma para a empresa que gerenciava sua carreira, e outra para o namorado.

A atriz japonesa Sayaka Kanda morreu aos 35 anos (Foto: Reprodução/Instagram)
A atriz japonesa Sayaka Kanda morreu aos 35 anos (Foto: Reprodução/Instagram)

No texto supostamente escrito para Maeyama, ela afirma que os dois tinham “um bom relacionamento”, e cita planos para o futuro, como casamento e filhos. Coincidentemente, o ator emitiu um comunicado na época da morte da namorada, alegando que, apesar da relação ter começado em outubro daquele ano, eles já falavam de uma vida juntos. “Estávamos em um relacionamento sério o suficiente para discutir o futuro”, disse.

Sayana Kanda foi encontrada em uma área no 14º andar do hotel, mas não fica claro em qual pavimento ela estava no momento da queda fatal. De acordo com informações do Kyodo News na época, ela chegou a ser levada às pressas para o hospital mais próximo, mas não resistiu aos ferimentos e teve sua morte confirmada.

Continua depois da Publicidade

A japonesa é filha do ator Masaki Kanda e da cantora e compositora Seiko Matsuda. Atualmente, Kanda estava em cartaz com o musical “My Fair Lady” no Teatro Sapporo, e vinha atuando em produções do gênero desde os 20 anos de idade. A artista estava confirmada no elenco do musical “Galaxy Express 999”, que tinha estreia marcada para o próximo mês de abril. No Japão, Sayana ficou conhecida especialmente por dublar a personagem Anna na animação “Frozen”, da Disney.