Ana Clara Porchat

Ana Clara revela história HILÁRIA de “bad trip” após ficar chapada nos EUA, em noitada que acabou com polícia e suspeita de “sequestro” — assista!

Bateu uma onda forte! Ana Clara Lima foi uma das convidadas do “Que História é Essa, Porchat?” desta semana, e a apresentadora levou todos às gargalhadas ao relembrar uma história que viveu em seu intercâmbio nos Estados Unidos. Na época, com 20 anos, ela experimentou maconha pela primeira vez e o rolê com amigos deu tão errado, que acabou sendo confundido com um sequestro. Oi?!

Havia pouco tempo que ela tinha chegado ao país, e Ana mal conhecia os amigos Roberta e Pedro – mas resolveu se jogar e curtir a noite com eles, num dia qualquer. “A gente resolveu sair pra uma balada, lá fora e, ok, vivendo várias experiências, né, fora do país. Que legal, que maravilha. E aí, eles estavam com maconha. Eu falei assim: ‘Eu não uso droga’. Nunca tinha experimentado, nunca tinha testado nada. Mas eu falei, poxa, já que tô aqui, né? Curtindo coisas novas, comendo frango frito, vamos fumar maconha”, disse ela, lembrando que os amigos também beberam e, então, saíram de carro.

Ana Clara Porchat2
Ana Clara arrancou muitas risadas ao imitar as cenas que sua mente via quando ela ficou “chapada” pela primeira vez. (Foto: Reprodução/GNT)

Até que o “beck” fez efeito… mas não caiu muito bem pra Ana Clara. “Saímos de carro e eu tô de boa. No meio do caminho, bateu [a onda]. E eu falei assim: ‘É que aí eu fiquei muito louca, né?’. Muito louca que deu uma bad trip. Só que eu não fiquei louca de feliz, não. Eu fiquei ‘Loca, Loca, Loca’ que nem a Shakira. Eu olhava pra fora da janela e parecia, eu juro, o espaço sideral. Não tô brincando”, relatou ela, que lembra que tudo ao redor parecia se mexer. “Toda vez que eu conto, as pessoas falam: ‘Te drogaram, botaram ecstasy, doce’. Tipo [eu via] como se os prédios tivessem assim [derretendo], continuou.

Continua depois da Publicidade

Foi nesta hora que a ex-BBB imitou a forma quase “demoníaca” com a qual enxergou os amigos, já sob efeito do entorpecente. “O pior é que eles tavam os dois no banco da frente, e aí, o que acontecia? Eu no banco de trás, assim: ‘Gente, tô passando mal, tô passando mal’. Aí, eles viravam pra trás assim, falavam: ‘Ana, calma, tá tudo bem’. Na minha cabeça, era assim: ‘Calma, você tá bem’. HA-HA-HA-HA-HA”, contou ela, imitando a expressão HILÁRIA que sua mente enxergava na cena, divertindo Porchat e os convidados, Luísa Arraes e Mouhamed Harfouch.

Sequestro e B.O. monstro

Na sequência, Ana passou a imaginar que estava sendo sequestrada. “Comecei a puxar minhas roupas: ‘Meu Deus, eu tô sendo sequestrada’. Pronto. E aí, eles começaram a entrar em desespero, porque eles não me conheciam direito. Eles me contaram depois que eu falei assim: ‘Para! Me solta! [e desmaiava]. Voltava. ‘Não, não, não! Me deixa em paz!’ E desmaiava, juro pra você. E aí eles começaram a entrar em desespero, eles falaram: ‘Gente, vamos parar num posto. A menina vai falecer no carro'”, mencionou ela.

Continua depois da Publicidade

Chegando no posto de gasolina, mais um show da ruiva! “Pararam no posto, eu abri a porta do carro e saí dando voltas no posto. E aí, eles conseguiram me pegar e o Pedro começou a me sacudir. ‘Para, Ana, para, para, calma!’. E eu: ‘Oh no, oh no’. Eles resolveram me enfiar dentro do carro e ir embora, falaram que não ia ter balada, não ia ter festa, nada”, contou ela. O que não foi uma ideia tão boa assim…

Ana Clara Porchat3
Fábio Porchat e os convidados não se aguentaram com o causo hilário de Ana Clara. (Foto: Reprodução/GNT)

Pouco depois, quando estavam na estrada, a polícia chegou em peso atrás do “squad”, visto que eles levantaram suspeita e preocupação ao passarem pelo posto. “Saíram quatro viaturas assim de trás deles. Eram várias porque tinham denunciado um sequestro. A polícia parou o Pedro e a Roberta e algemaram eles”, lembrou. “Eu estava sozinha no carro, eu dentro do carro assim, opa, eu não posso estar bêbada, nem drogada. Eu precisava [fingir] ter vinte e um. […] E aí, eu entrei em síncope, quando o policial chegou pra falar comigo, eu saí correndo”, adicionou.

Continua depois da Publicidade

Em meio ao caos, os amigos de Ana Clara fingiram não conhecer ela, mas o pior ficou a cargo da apresentadora… “Só que cê pensa que eles tavam sendo escrotos, eu tive a bela ideia de falar o quê? Fui sequestrada mesmo”, disse ela. Até que a “salvação” veio com um vômito dela nos policiais. “Sentei no carro. E aí, o paramédico, que tava junto com os policiais, abaixou pra falar comigo. Ele: ‘Oi, tá tudo bem?’. E eu olhei assim pra cara dele. Queria falar inglês, não conseguia. Comecei a falar em espanhol. Era uma coisa que não tinha sentido. Aí ele: ‘Me dá seu passaporte, por favor’. Gente, eu entrei num desespero tão grande e eu vomitei nele”, revelou a ruiva.

Para a sorte do trio, com o vômito – ao pior estilo “O Exorcista” – o paramédico percebeu que Ana só não estava bem. “E aí, gente, eu não sei, eu acho que foi uma bênção divina. É até escroto falar que é uma bênção divina numa história de maconha, álcool e correria. Mas, assim, eu acho que deu alguma coisa na cabeça dele e ele pensou: ela tá bêbada. Pegou a Roberta e Pedro falando assim: ‘Essa menina tá muito bêbada, né? Ela tá muito louca’. Eles: ‘Uhum’. Aí ele falou: ‘Então leva ela pra casa, por favor. Leva ela pra casa’. Não olhou o meu passaporte”, contou Lima, sobre o desfecho da enrascada. Por fim, Pedro, Roberto e Ana Clara seguiram amigos… Mas será que ela embarcaria nessa experiência com as drogas de novo? “Nunca mais. Nunca mais”, determinou.

Assista ao vídeo abaixo:

Daquelas histórias pra ninguém repetir em casa MESMO! Kkkkk