Bial Luana Carvalho

Filha de Beth Carvalho acusa TV Globo de “censurar” entrevista com Bial após comentário sobre Lula; entenda!

Nesta quinta-feira (6), o “Conversa com Bial” prestou uma bela homenagem à Beth Carvalho, trazendo o cantor Dudu Nobre e a filha da sambista, Luana Carvalho. No entanto, Luana recorreu às redes sociais na tarde de hoje (7) para criticar a edição do programa, por ter “censurado” um comentário seu sobre o ex-presidente Lula. A TV Globo se manifestou sobre o caso.

Através do Twitter, Luana disse ter mencionado na conversa com Pedro Bial que ele deveria entrevistar Lula sem polígrafo, para fazer jus ao que sua mãe desejaria. Entretanto, o trecho não foi ao ar. “A entrevista no ‘Conversa com Bial’ foi linda, a homenagem à minha mãe, bem feita e merecida. Mas cortarem a parte em que digo que homenagem mesmo seria ele entrevistar o Lula, sem polígrafo, é censura e fere o legado político prioritário na carreira de Beth Carvalho”, disse ela, lembrando como a eterna “Madrinha do Samba” sempre se alinhou com a esquerda.

Questionada por um seguidor, Luana também revelou qual foi a reação de Bial ao ouvir seu pedido. “Foi elegante e disse que queria mesmo entrevistá-lo, só estava esperando Lula aceitar. Inclusive me agradeceu por fazer o pedido. Mas aí cortou [da edição], lamentou Carvalho.

Continua depois da Publicidade

Comentário de Bial sobre entrevista com Lula

A fala de Luana na entrevista fez referência ao que Pedro Bial comentou recentemente ao programa ““Manhattan Connection”, da TV Cultura. Após ser questionado por Lucas Mendes, o jornalista mencionou que faria uma entrevista com o ex-presidente apenas se fosse com um detector de mentiras. “O Lula já até disse que gostaria de fazer o programa comigo, mas tinha que ser ao vivo. Pode até ser ao vivo, mas teria que ter um polígrafo acompanhando todas as falas dele”, alfinetou o apresentador da Globo.

Depois de assistir ao “Conversa com Bial” dedicado à sua mãe, Luana fez outro desabafo no Instagram, reclamando do corte feito pela edição. “Sigo agradecendo a belíssima homenagem, toda emoção. Mas censura num programa tão importante, que se propõe a falar de uma artista cujo engajamento escancarado foi sempre notável, e nesse momento delicado de brasil, não dá mais, Globo. Não dá mais”, escreveu.

Continua depois da Publicidade

Segundo ela, a emissora teria lhe avisado que o corte se deu para não atrapalhar as negociações de uma entrevista com Lula. “A justificativa de que a entrevista [com Lula] está ‘em negociação e meu pedido poderia atrapalhar’ não faz o menor sentido. Pelo contrário, poderia, quem sabe, até ajudar. Porque um presidente que manda uma carta de próprio punho a uma artista, de dentro da cadeia, muito provavelmente gostaria de saber que a filha [dela] é capaz, como ela, de se arriscar, com o mínimo espaço que tem, para honrá-la, pedindo que ele seja ouvido num espaço extensivo como o ‘Conversa com Bial'”, disse Luana, que anexou no post uma carta feita por Lula à sua mãe. “Estava muito feliz com a entrevista. Mas fiquei bem triste com isso. Era a minha forma mais justa de representá-la ali. Se é que isso é possível”, acrescentou.

TV Globo nega censura e confirma negociações de entrevista com Lula

Diante da repercussão e do próprio desabafo de Luana, a TV Globo se manifestou sobre a situação e negou que tenha ocorrido uma “censura” à fala da convidada. Em nota ao jornalista Maurício Stycer, colunista do UOL, a emissora confirmou o relato da artista de que a equipe do talk show afirmou que o trecho não podia ser inserido por conta das negociações com Lula. Segundo a empresa, o corte teria sido para não “antecipar” para o público que o programa pretende fazer a entrevista e também para adequar o material ao tempo de exibição.

Continua depois da Publicidade

Leia o comunicado na íntegra abaixo:

“Durante o papo no Conversa com Bial, ao final da entrevista, Luana Carvalho manifestou o desejo de que Pedro Bial entrevistasse o presidente Lula. A resposta do apresentador foi de que existia não só a vontade, mas uma negociação em andamento para que a entrevista fosse realizada. Após a entrevista, o programa teve o cuidado de entrar em contato com Luana para explicar que não iria incluir o trecho citado acima, pois não queria antecipar a informação sobre a negociação e, caso o convite fosse aceito, a comunicação para o público deveria ser feita pelo próprio programa.

A gravação da linda homenagem a Beth Carvalho durou exatamente 62 minutos e é natural que o material passe por um processo de edição para se adequar ao tempo de exibição. Não houve, porém, qualquer censura à Luana Carvalho no programa exibido ontem. A menção ao posicionamento político da entrevistada, inclusive, foi exibido em outros momentos, mais precisamente no minuto 9:50 da entrevista”.

Assista ao programa na íntegra, clicando aqui.