Após viralizar com ‘bronca’ ao vivo em Octavio Guedes, Maria Beltrão rebate críticas e conta o que de fato aconteceu; Comentarista revela pegadinha de colega

Maria Beltrão viralizou nas redes sociais nesta semana após dar uma bronca ao vivo em seu companheiro de bancada, Octavio Guedes, durante o “Estúdio I”, da GloboNews. Beltrão e os convidados discutiam a investigação dos atos antidemocráticos de apoiadores de Jair Bolsonaro, quando Guedes começou a mexer no celular. A apresentadora, então cobrou a atenção do comentarista, dando um puxão de orelha nele.

Online, a atitude repercutiu, divertindo várias pessoas. No entanto, também gerou algumas críticas. Nessa quinta-feira (25), uma internauta desaprovou a atitude da jornalista, que decidiu se manifestar, explicando o que de fato aconteceu.

“Não foi nada profissional a atitude da Maria Beltrão ontem com o Octavio Guedes. Assisto ao ‘Em Ponto’ e a Julia Duailibi o respeita quando este consulta o celular. Só parte para a falta de educação quem quer sempre lembrar que aqui quem manda sou eu. Respeito é tudo”, declarou Elaine C. Bassaco.

Em resposta, Maria explicou que tudo não passou de uma brincadeira, relembrando os seus tempos do magistério. “Foi tudo uma brincadeira, que começou logo no início do programa, quando eu dei uma de professora e pedi para o Octavio Guedes e Daniel Sousa se comportarem. O momento da ‘bronca’ foi o ápice do besteirol”, classificou ela. “Só que editaram, não mostram a gente rindo depois. Pergunte a quem assistiu”, pontuou.

Na sequência, o próprio Octavio saiu em defesa da colega de trabalho, com muito bom humor. “EU ACUSO: 1- Estava no programa quando recebi um ZAP com a mensagem: ‘Urgente! Exclusivo! Bomba’. 2 – Abri a mensagem. Era uma figurinha boba. 3- O remetente: Daniel Sousa. Tudo para incriminar e jogar Maria Beltrão contra mim”, declarou ele, sobre o comentarista que também acompanhava a discussão. “Love you, Mary”, completou.

Beltrão agradeceu os comentários do amigo, mas ponderou se seriam suficientes para acalmar as críticas. “Todo mundo que não assistiu ao programa desde o começo (quando começou a brincadeira) e viu só aquele trecho editado tá me achando um monstro. Love you more! Será que vão acreditar?”, refletiu ela.

Por fim, ela continuou o clima divertido, pedindo ajuda ao criador de toda a confusão. “E trate de me defender, Daniel Sousa!”, declarou, marcando-o no Twitter.

Relembre o caso

Na terça-feira (23), ao vivo durante o “Estúdio I”, da GloboNews, Maria Beltrão teve de chamar a atenção do comentarista Octavio Guedes, que mexia no celular enquanto a apresentadora falava. A jornalista até lembrou dos seus tempos do magistério… e o puxão de orelha bombou nas redes sociais.

Beltrão e os convidados discutiam a investigação dos atos antidemocráticos de apoiadores de Jair Bolsonaro, quando Guedes começou a usar o aparelho. Mas a apresentadora cobrou pela atenção do debatedor na bancada. “Você vai me dar atenção ou vai continuar olhando para baixo como se eu não estivesse falando com você?”, disparou ela.

Maria Beltrão foi muito direta ao pedir pela atenção de Octavio Guedes enquanto ele mexia ao celular. (Foto: Reprodução/Globo News)

Prontamente, o comentarista tentou amenizar a atitude: “Eu posso repetir o que você tá falando”. Entretanto, Maria deu outra resposta afiada, justificando que Guedes precisava estar presente de fato na conversa. “Repetir não é digerir. Eu, como professora primária, sempre lembro disso. O aluno dizia: ‘Tia, eu posso repetir’. Repetir até papagaios repetem”, devolveu a apresentadora, que em sua carreira chegou a concluir o magistério no pré-profissional.

Apesar da tensão, logo em seguida Maria e Octavio levaram o assunto com bom humor. “Voltando então aqui, agora quero o seu olhar. Olho no olho”, disse a âncora do “Estudio I”. “Olhando agora. Vou olhar fixamente nos seus olhos. Não vou nem piscar”, brincou o jornalista em resposta. Assista ao momento aqui: