Fotojet (11)

BBB21: Apresentador explica por que não fez suspense para anunciar vitória de Juliette, e revela detalhe impressionante de votação; assista

Quem aí já está com saudade do “BBB 21”? Pois bem… A grande final do reality aconteceu na última terça-feira (4) e  coroou Juliette Freire como campeã da edição! Sem rodeios, o apresentador do programa discursou sobre cada um dos finalistas e, diferente das temporadas anteriores, anunciou que, desde o começo, a paraibana sempre teve o primeiro lugar no pódio do público, revelando em seguida, quem ficou na segunda e terceira colocações.

Nessa madrugada (7), o jornalista participou do “BBB – A Eliminação”, no Multishow, e explicou o motivo de não fazer suspense ao divulgar o resultado – que não era surpresa para ninguém aqui fora. “A gente tinha acesso à parcial, ela (Juliette) estava com 90 pontos desde o começo. Eu não achei justo com ela e nem com o público fazer suspense. Ela não merece suspense, ela merece ganhar logo, merece saber que foi ela quem ganhou”, comentou.

Continua depois da Publicidade

O apresentador então decidiu propor uma pequena mudança à produção. “Falei: ‘Como eu sempre faço suspense e tiro o terceiro colocado antes, acho que posso pegar o público de surpresa e eles (finalistas) também, se eu falar direto, como se estivesse em ordem alfabética, e depois dou um susto’. E funcionou, acho que deu certo, então a ideia era essa”, pontuou.

“A grande dúvida era quem ficou em segundo e em terceiro. Como ela (Juliette) teve uma temporada difícil e realmente apanhou muito lá dentro da casa, a gente (produção) quis fazer esse carinho nela na final, e nos cactos (nome dado aos fãs da advogada) também, para que eles ficassem felizes. Dar logo o prêmio e deixar ela subir sozinha primeiro naquele palquinho que a gente montou, naquele ‘pódiozinho’ que é dela, onde ninguém tinha colocado ela antes”, acrescentou por fim.

Caminhada da vitória

A trajetória de Juliette Freire no “Big Brother Brasil” é digna de filme. Antes mesmo do programa começar, a paraibana despertou simpatia com seu vídeo de divulgação, e foi escolhida pelo público para receber imunidade na primeira semana. Lá dentro, ela emplacou uma paixonite aguda por Fiuk e garantiu os primeiros memes da edição. Mas, ao se juntar com os demais brothers e sisters, o caminho da advogada se tornou mais tortuoso…

Em muitas vezes, a paraibana foi excluída do grupo, virou motivo de piada pela sua forma de falar, seu sotaque e quase tudo que estava relacionado ao seu jeito de ser. Felizmente, ela foi conquistando aliados e conseguiu retomar as rédeas do jogo. Aqui fora, o público se sensibilizou e começou a colaborar para que Ju se tornasse um dos maiores fenômenos já vistos.

Os cactos, como são conhecidos os milhões de fãs da advogada, fizeram grandes mobilizações nas redes, e muitas pessoas chegaram a acreditar que Juliette poderia bater o recorde absoluto de favoritismo na final. Até então, o título pertence a Fael, do “BBB 12”, com 92% dos votos. Em seguida, aparece Diego Alemão, do “BBB 7”, com 91%. Nos dois casos, os brothers disputaram a final com apenas mais um participante.

Além de ter se tornado a mais nova milionária do pedaço, Juliette conquistou outro feito histórico em sua trajetória no programa. Com porcentagem de 90,15% alcançada, ela bateu o recorde de maior popularidade em uma final tripla. Até então, Kleber Bambam detinha esse título por ter ficado com 68% dos votos, contra os 21% de Vanessa Pascale e 11% de André Gabeh lá na primeira edição do reality. Ju é pau, meu bem!

Relembre o discurso de vitória feito pelo apresentador: