BBB21: Juliette e Fiuk cantam “Alma Gêmea” juntos, sister responde para Camilla se ficaria com o cantor, e faz revelação saidinha; assista!

O “Big Brother Brasil” é mesmo uma caixinha de surpresas! Quem diria algumas semanas atrás que Fiuk e Juliette protagonizariam uma cena cantando “Alma Gêmea”, hino gravado pelo pai do brother, Fábio Jr?! Após já terem tido alguns desentendimentos na casa, os dois estão numa trégua que já rendeu um “cheiro” carinhoso no pescoço do cantor, e investidas do rapaz na sister durante a última festa. Tudo na brincadeira, claro (?). Hoje (21), os dois emprestaram os vocais para a cantoria no banheiro, e a advogada entregou para os amigos se ficaria com Fiuk.

No banheiro, Juliette e o brother se empolgaram ao começarem a cantar o hit de Fábio Jr, com direito a troca de olhares sedutores e tudo mais… Até que os dois caíram na risada! “Foi mal, pai”, desculpou-se Fiuk.Foi mal, o quê? É um privilégio essa música ser minha”, brincou a paraibana. Em seguida, os dois continuaram com a cantoria e arrasaram nos vocais, antes de terminarem com um abraço e um beijo no rosto.

Camilla de Lucas entrou no cômodo fingindo que estava tossindo, e murmurou “cancelamento”, brincando com o fato dos dois serem vistos com maus olhos pelo público após Fiuk ter tido um envolvimento com Thaís. “Fiuk, a gente está brincando com coisa séria”, alertou Juliette, de acordo com o diálogo divulgado pelo Uol. “Se fosse sério eu não brincava, Juliette”, respondeu o cantor. Já no quarto cordel, Camilla de Lucas ficou curiosa: “Ô Juliette, fala a verdade, você pegaria o Fiuk?”. “Sim, sem dúvidas, em outras circunstâncias, sem Thaís [ter ficado com ele antes]…”, entregou a sister.

Continua depois da Publicidade

Ainda no cômodo, Gilberto e João Luiz também participaram da conversa, e ouviram Juliette falar da sua vida amorosa dentro do reality show. “Não vim aqui para fazer casal e ficar sofrendo por paixão e amor. Vim aqui para ganhar um milhão e meio e ganhar prova, mas não estou ganhando prova, então estou ganhando só o um milhão e meio”, brincou a advogada, recebendo o apoio de Camilla de Lucas.É isso aí, Juliette, te apoio!”

“Eu me relacionaria com qualquer um desses. Ah, tu pegaria Fiuk? Pegava! João? Pegava! Rodolffo? Pegava. Eu pegava todos, mas não foi o propósito que eu vim fazer aqui. Agora, a tentação é grande, o coração é grande. Mesmo assim é mais uma prova de resistência!”, completou Juliette.

BBB21: Quem você quer que seja eliminado?

  • João (48%, 36.658 Votes)
  • Pocah (38%, 29.032 Votes)
  • Arthur (14%, 10.519 Votes)

Total Voters: 76.209

Vote

Carregando ... Carregando ...

Camilla, que já tinha alertado a amiga principalmente sobre a proximidade com Fiuk, voltou a aconselhar a participante. “Mas cuidado com as brincadeiras!”, pontuou. “Brincadeiras, eu brinco muito. É que vocês ficam com olhos diferentes quando sou eu e o Fiuk porque somos heterossexuais. Mas se você for analisar o que eu faço com João é cinquenta vezes pior”, argumentou a paraibana.

Ju ainda comentou sobre as brincadeiras em que é chamada de “talarica”, após Gilberto também afirmar que ficaria com os rapazes da casa. “Tá vendo? Eu digo que ficaria com Fiuk é talarica. Gil diz também e é legal […] Gil lambe, morde Fiuk”, avaliou a sister, segundo o Uol.

Continua depois da Publicidade

Papo hot

Na sequência, a temperatura no quarto cordel subiu com uma conversa dos quatro confinados sobre preferências sexuais. “Eu gosto de uma puxadinha, um tapinha de leve”, revelou Juliette. A sister também não se fez de rogada para dar mais detalhes a respeito das suas intimidades. “Gosto muito de uma posição específica, que parece que é eu fazer e a pessoa puxar meu cabelo, porque eu tenho cabelo cumprido. Para eu aceitar, eu tenho que estar muito no auge. Se eu der duas voltas no meu cabelo e puxar, se eu não estiver muito bem, eu faço: ‘Opa, calma, não sou um cavalo’. Eu sempre prefiro mais amor”, contou.

“Você gosta de sadomasoquismo?”, quis saber Gilberto da colega, antes de afirmar que não gosta dos tapas na hora do “vuco vuco”. Juliette negou, e lembrou de uma história que aconteceu com ela: “Tapa na minha cara? Oxi! Uma vez fiquei com um que mordeu meus lábios e eu dei um baile nele”. “O cabelo não precisa de delicadeza. O cabelo pode deixar”, brincou o economista.

Continua depois da Publicidade

Gil também falou de como gosta das suas “cachorradas” aqui fora. “O tapa que eu gosto é aquele que você bate e depois aperta. E eu gosto, Cami, de passar minhas mãos nas costas assim”, explicou, fazendo gestos com as mãos. “Tua mãe está vendo essa cena”, previu Juliette. “A mainha vendo isso agora”, concordou João Luiz. “A mainha: ‘Nossa, meu filho, que saudades… o que será que ele está fazendo agora, 15h da tarde?'”, zoou Camilla de Lucas, enquanto todos riam.