Grey’s Anatomy: Kim Raver, a Teddy, revela detalhes sobre final antecipado da série e analisa triângulo amoroso de sua personagem: “Falta amor próprio”

O fã de “Grey’s Anatomy” não tem UM PINGO de sossego, mesmo quando acha que tudo vai ficar bem… Kkkk A atriz Kim Raver, intérprete da médica Teddy Altman na série, conversou com o Entertainment Tonight sobre o fato da 16ª temporada terminar antes da hora, e garantiu que o episódio que fechará o ano da trama será tão emocionante quanto o roteiro previsto inicialmente!

Por conta da pandemia do coronavírus, as filmagens do programa foram interrompidas como forma de proteção ao elenco e a equipe. Com isso, dos 25 capítulos previstos para a temporada, apenas 21 ficaram prontos e somente eles serão exibidos. “Acho que o mais importante é garantir que estamos achatando a curva [de transmissões da covid-19] e garantindo que todos estejam seguros, por isso temos que terminar com este episódio, porque é o que finalizamos”, explicou Kim.

No entanto, a atriz garantiu que o “novo” episódio final não deixa a desejar em nada. “Mas os roteiristas são tão bons que o episódio 21 vai funcionar totalmente como final, e é o estilo Grey por excelência. Você estará rindo e chorando simultaneamente. Você definitivamente receberá algumas respostas e definitivamente novas perguntas”, adiantou.

Raver comentou que ficou chateada com a situação como todo, mas olhou pelo lado positivo de que a 17ª temporada, já garantida pela emissora NBC, terá mais episódios. A artista completou que houve uma espécie de “colcha de retalhos” para produzir os dois últimos capítulos, incluindo o uso das poucas cenas que já estavam filmadas para os outros quatro episódios.

Teddy Altman teve seu primeiro filho com Owen Hunt na 16ª temporada de “Grey’s Anatomy”. Foto: Reprodução/NBC

“Talvez eles usem as cenas que têm e incluam isso… Acho que temos algumas coisas incríveis. Acho que eles usarão algumas dessas ótimas cenas que filmamos, mas também acho que talvez estejam pensando que essa é uma oportunidade para ver como as coisas aconteceram, e onde querem aumentar as apostas e o que querem incluir. É uma oportunidade de ‘refazer a tela'”, opinou.

A atriz falou um pouco do que esperar do final do seu personagem. “Eu não acho que vai terminar bem. Há algumas coisas loucas chegando nos próximos dois episódios. Krista [produtora executiva] e eu estamos conversando sobre esse lugar que chegamos com Teddy pra entender por que ela está fazendo o que está fazendo, e depois também, além da confusão, levarmos ela para um lugar melhor. Acho que vai rolar um pouco de confusão antes que ela tenha alguma clareza”, analisou.

Sobre o triângulo amoroso da sua personagem com Owen Hunt e Tom, a atriz chegou a uma conclusão que vale para todo o histórico amoroso de Teddy. “Eu acho que você é capaz de amar duas pessoas de maneiras muito diferentes, certo? E eu acho que é com isso que Teddy está lutando. E eu acho que isso também se resume à falta de amor próprio dela. O tempo todo ela realmente tem estado com pessoas indisponíveis, e eu acho que é algo que ela realmente precisa examinar”, apontou.

Foto: Reprodução/NBC

Kim Raver também defendeu algumas atitudes controversas de Teddy durante a temporada. “Acho que essas más escolhas, espero, levarão Teddy a realmente encontrar amor. Acho que o caso, com Teddy… Acho que é porque ela tem medo. Acho que ela ama duas pessoas, mas acho que também é porque ela tem medo… O amor dela é puro para essas duas pessoas, e ela ama essas duas pessoas. É o jeito que ela está lidando com isso que é realmente uma bagunça”, avaliou.

E pra quem vai a torcida da atriz: Tom ou Owen? “Acho que os dois são ótimos de maneiras diferentes. Acho que Owen e Teddy têm uma história tão profunda que estou muito apegada. Eles literalmente entraram na guerra juntos, então isso é realmente enorme para mim. Mas acho que Teddy tem uma compreensão de Tom e sua profunda dor de ter perdido o filho”, finalizou.