Fotojet (32)

La Casa de Papel: Personagem tem desfecho trágico e chocante, e fãs não se conformam: “Tô com tanto ódio”

[Alerta spoilers! Este post contém spoilers sobre a primeira parte da quinta temporada de “La Casa de Papel”. Caso não tenha assistido ainda, sugerimos que encerre a leitura por aqui!] 

Brazil, I’m devastated! Até porque, para superar a primeira parte da quinta temporada de “La Casa de Papel“, só com o tempo e terapia! Kkkk Os episódios estrearam nesta sexta-feira (3), e deixaram os fãs chocados com a morte trágica — e violenta — de Tóquio (Úrsula Corberó). Além das cenas de ação de tirar o fôlego, a história resgatou o passado de Berlim (Pedro Alonso) e deu mais destaque para Arturo (Enrique Arce).

Continua depois da Publicidade

Don’t cry for me… Tóquio!

Na quarta temporada do programa, a morte de Nairóbi (Alba Flores) deixou muitas pessoas enfurecidas com o criador e roteirista Álex Pina. E a história não vai ser diferente agora… A personagem Tóquio se despediu da série durante um confronto armado entre os assaltantes e os soldados do exército espanhol. Inclusive, com esse acontecimento, aquela teoria antiga de que ela seria a única sobrevivente do assalto por ser a narradora dos episódios, bom, foi com Deus!

Tóquio é baleada diversas vezes na cozinha do Banco da Espanha junto de Denver (Jaime Lorente) e Manila (Belén Cuesta). Sem condições de continuar a fuga, ela dá cobertura para os colegas e enfrenta os militares sozinha. Mesmo ferida, a personagem se despede do Professor (Álvaro Morte) e Rio (Miguel Herrán), e pede que o amado foque em seguir em frente apesar do luto. Para fechar com chave de ouro a sequência emocionante, Tóquio é atingida por novos tiros, e ao cair no chão consegue explodir as granadas que carregava consigo, matando alguns militares, mas especialmente Gandía (José Manuel Poga), responsável pela morte de Nairóbi.

Fotojet (31)
Rio e Tóquio protagonizaram despedida emocionante. Foto: Reprodução/Netflix

A grande família de Berlim

A volta dos que já foram ficou por conta do passado de Berlim, que morreu ainda na segunda temporada da série. Se nos outros anos foram mostrados flashbacks de como ele criou o plano para roubar o Banco da Espanha, dessa vez, a relação do personagem com seu filho Rafael (Patrick Criado) que ganhou atenção especial. Foi Berlim que convenceu o herdeiro a fazer um roubo ao lado de Tatiana (Diana Gómez), Bogotá (Hovik Keuchkerian) e Marselha (Luka Peros).

Continua depois da Publicidade

Apesar de não ter influência com o assalto no Banco da Espanha, a ideia da história paralela faz uma boa introdução de Rafael e Tatiana dentro dos episódios, e dá entender que Berlim — sabendo que iria morrer — talvez tenha tentado criar essa relação para que um pudesse contar com o outro. As teorias conspiratórias acreditam que os dois personagens vão voltar na reta final da temporada, como uma espécie de “carta na manga” do Professor.

La Casa De Papel Berlim
Berlim segue marcando presença nos novos episódios da série. Foto: Reprodução/Netflix

Arturo não tinha nem que ter vindo! 

O personagem ganhou destaque mais uma vez, mas fez muita raiva no público. Junto de outros reféns, Arturo se aproveita de uma brecha e consegue roubar armas dos assaltantes e protagoniza mais um tiroteio pesado dentro do banco. Na tentativa de deixar o cárcere, o grupo até chega numa das portas do banco, mas ela está selada com bombas. Com acesso a mais armas, eles enfrentam os assaltantes mais uma vez e quase levam a melhor.

A salvadora da pátria é Estocolmo (Esther Acebo), que entra nos tubos de ar e consegue cair em cima das costas de Arturo. Antes que ele pudesse reagir, ela atira em seu peito e o deixa em estado crítico. Se o personagem irá morrer, bom, teremos que esperar pela segunda parte da quinta temporada.

E Zqjrexoaydafp
Arturo se dá mal durante tentativa de fuga. Foto: Reprodução/Netflix

Continua depois da Publicidade

A creche do Professor?!

Gravidíssima, Alicia Sierra (Najwa Nimri) passa o maior sufoco nos episódios… Determinada a recuperar seu cargo de investigadora após a traição do coronel Tamayo (Fernando Cayo), a personagem conseguiu render o Professor ainda no final da quarta temporada. Agora, ela tenta arduamente descobrir todos os planos de seu rival, e de quebra, conseguiu render Marselha e Benjamín (Ramón Agirre).

Acontece que sua bolsa estoura e ela entra em trabalho de parto, tendo apenas os três prisioneiros para fazer o parto. Felizmente, a pequena Victória nasce sem nenhuma complicação, fazendo com que Alicia e o Professor sinalizem uma pequena trégua. Mas como nunca se sabe o dia de amanhã, a investigadora esconde uma ferramenta que pode usar a qualquer momento, deixando no ar a dúvida sobre quem ela será leal no desfecho da história.

La Casa De Papel Parte 5
Trégua? Professor conquista empatia de Alicia após fazer parto da filha. Foto: Reprodução/Netflix

Repercussão

Bom, como já era de se esperar, os episódios tiveram um forte impacto no público… “Tóquio, simplesmente lendária, a maior de ‘La Casa de Papel’, sim! Pqp, eu não tô sabendo lidar com a morte dela”, lamentou Pedro Vinícius no Twitter. “Acordei feliz por ter 5ª temporada de ‘La Casa de Papel’ e saí com dor e depressão”, escreveu uma internauta. “Tô com tanto ódio de ‘La Casa de Papel’, vocês não tem noção”, disparou outro perfil.

Continua depois da Publicidade

Mesmo com tantas perdas, a série também apresentou flashbacks especiais com as participações de Nairóbi, Moscou (Paco Tous) e René (Miguel Ángel Silvestre), sendo que esse último revela por qual motivo Tóquio nunca conseguiu se entregar de cabeça para o relacionamento com Rio. Bom, para quem ainda vai seguir na saga, a segunda parte da quinta temporada de “La Casa de Papel” estreia na Netflix no dia 3 de dezembro.