William Bonner faz discurso certeiro no Jornal Nacional após tomar a vacina contra a Covid-19 e chama o SUS de "gigante"; assista! (Reprodução Twitter/Instagram)

William Bonner faz discurso certeiro no Jornal Nacional após tomar vacina contra a Covid-19; assista!

William Bonner tomou a primeira dose da vacina contra a Covid-19 nesta segunda-feira (7). Além de compartilhar o momento nas redes sociais, o âncora fez um discurso certeiro sobre o tema ao vivo no Jornal Nacional. Bonner elogiou o Sistema Único de Saúde (SUS), chamou atenção daqueles que não voltaram para tomar a segunda dose, e criticou a lentidão da vacinação no Brasil.

“A gente tem que lembrar que, em muitos municípios, a aplicação da primeira dose foi suspensa para garantir a segunda dose. Algumas pessoas não foram tomar a segunda. A dose está lá. Eu tenho um compromisso no mês de agosto. Não sei se você sabe, a Renata Vasconcellos sabe, eu tomei hoje a primeira dose da vacina, chegou na minha idade no Rio de Janeiro”, disse o apresentador, muito contente.

Ele continuou frisando a importância de se ouvir sempre o lado da ciência e tomar a segunda dose da vacina. Ao falar sobre isso, Bonner aproveitou para alfinetar os terraplanistas — pessoas que acreditam que a terra é plana —, deixando a colega de bancada, Renata Vasconcellos, com vontade de rir. “O mundo não é plano, ele é redondo, ele gira, e à medida que ele gira, os médicos vão aprendendo. Os melhores médicos desse mundo, que é redondo e gira, não param de aprender. Eles aprenderam na faculdade e continuaram aprendendo no exercício da profissão, e trocando informações mundialmente. Estou dizendo isso porque esses médicos insistem que você deve tomar a segunda dose, é esse o recado que eu queria deixar aqui”, completou.

O âncora do Jornal Nacional ainda aproveitou para elogiar os profissionais de saúde que atuam na linha de frente no combate ao vírus. “Foi uma experiência fantástica, o carinho das pessoas que aplicam as vacinas é imenso, temos que ter uma gratidão enorme a esses profissionais que estão envolvidos em uma corrida”, agradeceu.

Continua depois da Publicidade

Bonner também criticou discretamente o atual presidente, Jair Bolsonaro, por conta do atraso no início da vacinação, que podia ter começado no fim do ano passado. “A gente demorou muito para começar a vacinar e eles [os profissionais de saúde] não têm culpa. Mas agora está com eles essa responsabilidade enorme de serem eficientes e fazerem com que os brasileiros se protejam. Então o nosso obrigado a todos esses profissionais”, continuou.

Ele acrescentou que, neste momento, seu desejo é que “milhões de brasileiros tenham acesso à vacina o mais rápido possível”. É o que nós desejamos também! Assista ao momento na íntegra:

 

No discurso, o jornalista ainda se lembrou dos pesquisadores do Instituto Butantan e da Fiocruz e “todo mundo que integra este gigante chamado SUS. Porque sem ele não teria nada disso”. Nas redes sociais, Bonner também reforçou a importância do Sistema Único de Saúde: “Os brasileiros devem muito a cada um desses heróis. E ao SUS, que sobrevive, como um gigante, a tantas incompetências e irresponsabilidades criminosas”.  Veja a publicação: