Fotojet

Vídeo mostra momento de tiro em atendente de fast-food no RJ; funcionário perde um rim, e cliente se manifesta

Mateus Domingues Carvalho, de 21 anos, levou um tiro na madrugada desta segunda-feira (9) dentro do próprio trabalho

Foi divulgado nesta terça-feira (10), um vídeo do momento em que um funcionário de uma famosa rede de fast-food é atingido por um tiro na barriga, disparado por um cliente. As imagens do circuito interno do estabelecimento mostram Mateus Domingues Carvalho, de 21 anos, sendo agredido com um tapa pela janela do drive thru e revidando o ataque do cliente. O caso aconteceu na madrugada desta segunda-feira (9), no Rio de Janeiro.

Depois da agressão, Paulo César Albuquerque invade a cozinha do restaurante, já com a arma em punho, e segue na direção de Mateus. Outros funcionários e clientes surgem no vídeo. O disparo acontece. Neste momento, o jovem de 21 anos cai no chão, já ferido, e é ajudado por um colega de trabalho. Paulo deixa o estabelecimento, na sequência, enquanto guarda o armamento na cintura. Assista:

Após o disparo, Mateus foi levado para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca. Segundo relatos da família, ao UOL, o jovem precisou remover o rim esquerdo e parte do intestino. “Ele ainda vai precisar passar por mais uma cirurgia no intestino para que ele não precise ficar usando bolsa de colostomia. O quadro de saúde dele no momento é estável. Ele já conversou com a gente um pouquinho”, acrescentou Marcela Costa, tia da vítima.

Paulo César Albuquerque se apresentou à delegacia responsável pelo caso, depois das imagens do caso circularem nas redes sociais. Em depoimento, o homem alegou que o disparo foi acidental. Ele foi identificado como sargento do Corpo de Bombeiros.

Captura De Tela 2022 05 10 Às 13.05.48
Momento exato em que Paulo e Mateus trocam socos na cabine do drive-thru da lanchonete. (Foto: Reprodução/UOL)

Ainda na tarde de ontem (9), a juíza Teresa Pinto Coelho Diniz indeferiu o pedido de prisão temporária contra ele. A Polícia Civil informou que vai requisitar novamente a prisão de Paulo à Justiça.

Em nota, o Corpo de Bombeiros disse que o sargento responderá civilmente por seus atos. Foi determinada a suspensão do porte e posse de armas dele, além da abertura de inquérito para apurar a conduta do profissional. “A corporação repudia veementemente todo e qualquer ato criminoso, assim como condutas ilícitas que transgridam os preceitos da ordem, da disciplina e da moral, características da profissão de bombeiro militar”, afirmou.

Continua depois da Publicidade

Motivação da agressão

Segundo relatos de colegas de Mateus, ao G1, tudo aconteceu por conta de um cupom de desconto. O bombeiro fez um pedido no drive-thru, mas só no fim do atendimento disse que gostaria de usar o benefício. O jovem, então, explicou que era preciso informar sobre isso no início. Paulo teria ficado revoltado e saltou do carro, em direção ao funcionário. O agressor teria quebrado a proteção de acrílico e dado um tapa em Mateus. Depois disso, de acordo com os depoimentos, ele teria se dirigido à loja e atirado na barriga do jovem.

Captura De Tela 2022 05 09 Às 14.38.55
Mateus Domingues Carvalho, de 21 anos, levou um tiro na barriga na madrugada de segunda (9). (Foto: Arquivo Pessoal)

Em nota, o McDonald’s lamentou o ocorrido e disse que prestou socorro rapidamente ao funcionário. “A empresa está acompanhando e dando todo o suporte para seus familiares e já está colaborando com as investigações sobre o caso“, afirmou.

Esta não é a primeira situação violenta que Mateus enfrentou no ambiente de trabalho. Segundo o G1, no início de abril, ele e o gerente foram ameaçados por dois homens por conta de uma suposta nota falsa de R$ 200. Saiba mais detalhes do caso aqui.