Alec (5)

Alec Baldwin: Pai de Halyna Hutchins acusa ator de ser “parcialmente responsável” pela morte da diretora; saiba detalhes

A produção do filme “Rust“, estrelado por Alec Baldwin, foi pausada indefinidamente quando o ator fez disparos acidentais com uma arma de fogo, que resultaram na morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins. Neste domingo (19), em entrevista ao The Sun, o pai da profissional acusou o astro de ser pelo menos “parcialmente responsável” pela morte da filha, mesmo após defender Alec.

Anatoly Androsovych, de 61 anos, disse que não entendeu a afirmação de Baldwin, quando o ator garantiu que não apertou o gatilho da arma no dia do incidente. “Por que ele disparou durante os preparativos? O revólver é o tipo de arma que não atira antes de o gatilho ser pressionado e Alec é parcialmente culpado por causar aquele tiro”, disse.

“Está claro para mim que Baldwin disparou com a mão, então é difícil para mim entender como ele não pode ser considerado parcialmente responsável pela morte da minha filha”, continuou.

Na entrevista, Anatoly também falou sobre o filho de Halyna, Andros, de 9 anos de idade. Segundo ele, a família ainda não tinha certeza se o menino conseguiria se recuperar totalmente da morte traumática da mãe. “Andros está lentamente voltando à vida, mas este é um grande golpe para todos nós”, afirmou.

Halyna Hutchins
Halyna Hutchins não resistiu a tiro no set de filmagens do filme “Rust”. (Foto: Getty)

Apesar da fala acusatória, o patriarca já havia dado uma entrevista para o mesmo veículo em outubro. Na ocasião, ele se recusava a culpar Baldwin pela morte da filha. “Ainda não conseguimos acreditar que a Halyna se foi e a mãe dela está enlouquecendo com o luto. Meu neto foi terrivelmente afetado. Ele está perdido sem a mãe. Mas eu não responsabilizo Alec Baldwin. É culpa das pessoas que manejam as armas nos bastidores”.

Continua depois da Publicidade

No dia 2 de dezembro, Alec falou pela primeira vez de forma oficial a respeito de tudo que aconteceu naquela fatídica tarde em entrevista para o canal norte-americano ABC. Em um dos trechos divulgados da conversa, o astro revelou que nunca acionou o gatilho, principalmente em direção aos seus colegas de trabalho. “Bem, o gatilho não foi puxado. Eu não puxei o gatilho”, afirmou o ator. “Eu nunca apontaria uma arma para eles e puxaria o gatilho, nunca”, destacou na sequência. Clique aqui para conferir os detalhes.

Fotojet
Alec Baldwin afirmou em entrevista que não puxou o gatilho da arma cenográfica. (Fotos: Reprodução/YouTube)

Relembre o caso

Em 21 de outubro, uma pessoa morreu e outra ficou ferida após um acidente no set de filmagens de “Rust” – faroeste estreado por Alec Baldwin, gravado no Novo México, EUA. Através de um comunicado oficial, a polícia de Santa Fé confirmou que o protagonista do longa foi responsável pelo disparo de uma arma cenográfica.

“Os delegados do xerife do condado de Santa Fé foram enviados para o Rancho Bonanza Creek, quando uma ligação do 911 relatou um tiroteio no set de filmagem do faroeste ‘Rust’. O gabinete confirma que os dois indivíduos baleados no set foram a diretora de fotografia Halyna Hutchins, 42, e o diretor do filme, Joel Souza, 48, atingidos quando uma arma cenográfica foi disparada pelo ator e produtor Alec Baldwin”, diz a nota.

Fotojet (23)
Halyna Hutchins e Joel Souza. (Foto: Getty/Reprodução/IMDB)

De acordo com as autoridades locais, Hutchins chegou a ser levada de helicóptero até o hospital da Universidade do Novo México, em Albuquerque, mas não resistiu aos ferimentos. Souza, por sua vez, foi transportado de ambulância para o Centro Médico Regional Christus St. Vincent, onde permaneceu somente para receber tratamento após ser atingido no ombro pelo disparo.