Rainer

Rainer Cadete se abre sobre sexualidade fluida: “Me defino fora da caixinha”

A partir desta terça-feira (24), Rainer Cadete poderá voltar a ser visto como Visky, na reprise de “Verdades Secretas”, na TV Globo. Em entrevista ao jornal Extra, neste domingo (22), o ator falou sobre a trama e se abriu também sobre a própria sexualidade. Cadete, que reprisará o personagem homossexual na segunda temporada da novela, contou que esse assunto é frequentemente abordado e questionado por curiosos sobre sua vida pessoal.

Eu me defino fora da caixinha. Não vejo a sexualidade como algo concreto que você vai colocar em um molde na parede. Ela tem este lugar de nos surpreender de várias maneiras. Acho que existem várias sexualidades e elas fluem, me sinto assim. Nomenclaturas e siglas servem muito para conquistar espaços para estes corpos que a sociedade invisibiliza e para lutar por políticas públicas“, afirmou o artista.

A questão da sexualidade fluida é justamente um dos temas abordados na trama de Visky na novela de Walcyr Carrasco, exibida originalmente em 2015. Booker de uma agência de modelos, o personagem se dizia um gay convicto, até se surpreender com seu envolvimento sexual com a colega de trabalho Lourdeca, vivida pela atriz Dida Camero. Na entrevista, Rainer já adiantou que o rapaz estará mais consciente de sua sexualidade na próxima temporada e repetirá a parceria com seu par romântico. “Como é que é? Visdeca ou Lourdisky?“, brincou ele sobre o shipp do casal.

Continua depois da Publicidade

A novela está mais erótica. Essas canetinhas estão mais acentuadas, o que eu acho fantástico. Porque não há nada mais natural e normal que o corpo humano e o sexo. Aceito meu corpo como ele é. Vivemos muitos anos com essa caretice de não mostrar sexo. Todo mundo faz, só que é tabu, no cinema e na TV brasileira. Acho muito bacana mexer com os preconceitos, adoro problematizar e trazer questões saudáveis, para discutirmos de maneira madura“, opinou o ator.

Rainer afirmou que não tem dificuldades em gravar as cenas mais calientes. “Faz parte dessa história, é só mais um momento. Acho que as pessoas vão ficar com bastante calor“, pontuou. Para a nova fase da novela, o artista pintou os cabelos de azul, mudou a dieta e rotina de exercícios, emagrecendo 15 quilos, fez sessões de fonoaudiologia e aulas de dança. Outra parte da preparação de Rainer é tomar sol do jeitinho que veio ao mundo, para perder a marquinha da sunga e auxiliar nas gravações de sexo.

Solteiro no momento, o ator se disse bem e tranquilo com sua situação. “A pessoa que quiser ficar comigo tem que entender que é um combo. Sou um homem, um pai, tenho essa profissão e quero ser minha melhor versão, sem pieguice alguma“, avisou ele. Cadete foi pai de Pietro aos 18 anos, fruto de seu relacionamento com a atriz e ex-bailarina do “Domingão do Faustão” Aline Alves. Hoje com 14 anos, o garoto ainda não tem idade para assistir à nova temporada de “Verdades Secretas”, assim como não tinha na primeira.

Continua depois da Publicidade

Ele vai poder assistir daqui a pouquinho”, disse Rainer. Entretanto, o adolescente já está bastante acostumado com a vida de atores dos pais, e também discute assuntos abordados em seus trabalhos, como a questão da sexualidade, por exemplo. “Quando eu era adolescente, se falava que a minha geração ia libertar todo mundo e as pessoas seriam mais tranquilas em relação à sexualidade, não iam se importar tanto com o que o outro faz. E olha o que a gente está vivendo agora. Espero que a geração do Pietro seja mais livre em relação a esses estigmas“, afirmou.

O que eu faço é a minha parte. Conversamos sempre sobre ele ter a liberdade de ser o que quiser. De não existir a necessidade de usar azul. Meu filho nunca quis pintar a unha, mas, se quiser, eu mesmo vou pintar. Tento falar muito com ele sobre coisas diversas, porque acredito que o conhecimento emancipa as pessoas de algumas armadilhas que a sociedade cria, e isso adoece. Este lugar do patriarcado do macho, branco, cristão e heterossexual, isso já deu. Olha como os homens cometem muito suicídios, a saúde mental masculina é terrível. E o feminicídio também. Homens que se acham no direito de opinar sobre os corpos femininos e de agredir. Temos que repensar muito tudo isso“, refletiu o artista. Arrasou!

Whatsapp Image 2021 08 23 At 12.17.55
Rainer Cadete e o filho Pietro, de 14 anos (Foto: Reprodução/ Instagram)