Fotojet (6)

Chocante! Homem luta contra comissários em pleno voo e tripulação pede ajuda de passageiros para detê-lo; assista ao vídeo

Desesperador! Passageiros a bordo de um avião da Delta Airlines, que saiu de Los Angeles com destino à Atlanta, nos Estados Unidos, passaram por um apuro pra lá de insano na última sexta-feira (11). Isso porque Stephon Duncan, um comissário de bordo fora de serviço, entrou em uma briga ferrenha com membros da tripulação perto da cabine do piloto. A situação ficou tão tensa, que os comissários precisaram pedir a ajuda de passageiros para detê-lo. Meu Deus!

A situação, é claro, causou pavor nas pessoas presentes. Nos registros dos momentos de tensão, que viralizaram na web ao longo do fim de semana, é possível ouvir uma mulher clamando por ajuda aos berros, enquanto a equipe tenta, em vão, subjugar o homem. Segundo o TMZ, não se sabe o que desencadeou a atitude de Duncan. Veja:

Continua depois da Publicidade

Que angústia, meu Deus! A falta de controle de Stephon era tanta, que testemunhas revelaram que os comissários de bordo convocaram “homens aptos” nos alto-falantes e os aconselharam a seguir até a frente do avião para ajudá-los a deter Stephon. Pelo menos dois passageiros atenderam ao chamado e, com a ajuda de um membro da equipe, prenderam o homem descontrolado e o mantiveram no chão, imobilizado, enquanto ele se debatia e gritava.

Segundo uma das testemunhas do ocorrido, o passageiro Ali Burns, o comissário insano teria tentando sequestrar o voo e abrir uma das portas da saída de emergência enquanto a aeronave ainda estava no ar. “Alguém tentou sequestrar nosso avião. O homem anunciou que precisávamos estar perto de nossas máscaras de oxigênio e tentou abrir a porta. Eles então chamaram todos os ‘homens fortes’ para a frente do avião para contê-lo”, escreveu. Burns disse, ainda, que Stephon estava tentando abrir a porta para o exterior e não para a cabine do piloto.

Continua depois da Publicidade

Darren Genet, um dos passageiros que ajudou a conter Duncan, também deu sua versão da história em entrevista à ABC News. “Nós o seguramos e ele estava gritando e chorando”, disse Genet. “Um dos homens no voo era um fuzileiro naval e ele nos ajudou a colocar as algemas [em Duncan]. A essa altura, ele [Stephon] estava meio que se desculpando”, relatou.

Ainda segundo o TMZ, após a confusão, o voo teve de ser redirecionado para um pouso de emergência no Aeroporto Internacional Will Rogers, em Oklahoma City. Uma vez que estavam a salvo em terra firme, as autoridades se envolveram. O porta-voz da polícia local, Jermaine Johnson, disse à ABC News que Duncan ameaçou “derrubar o avião”. A polícia disse, ainda, que o homem apresentava sinais de doença mental e foi levado ao hospital após reclamar de dores no peito.

Continua depois da Publicidade

Na sequência, a Delta Airlines emitiu um comunicado sobre o ocorrido, alegando que não se tratou de uma tentativa de sequestro e que tudo não passou de uma briga. “Agradecemos à tripulação e aos passageiros do Voo Delta 1730 que ajudaram a deter um passageiro indisciplinado enquanto o voo era desviado para Oklahoma City (OKC). A aeronave pousou sem incidentes e o passageiro foi removido pelas autoridades policiais. Pedimos desculpas aos nossos clientes pelo atraso e qualquer inconveniente adicional que isso tenha causado”, disse o porta-voz da companhia aérea, que compartilhou, ainda, que o voo continuou para Atlanta depois que a polícia fez uma busca na aeronave.