Mulher invade link ao vivo da TV Globo, acusa repórter de mentir e vai embora ao ser chamada para prestar esclarecimentos; assista

A TV ao vivo sempre guarda surpresas… boas e ruins. Nesta quinta-feira (23), durante o “Bom Dia São Paulo”, uma mulher invadiu um link ao vivo de um repórter e o acusou de mentir sobre sua reportagem. Após o episódio, tanto o repórter, quanto o apresentador, Rodrigo Bocardi, deram espaço para que a cidadã se manifestasse… mas ela não deu qualquer esclarecimento.

O jornalista Romeu Neto falava sobre a ocupação de 100% dos leitos na Santa Casa de Sorocaba, no interior de São Paulo – cidade em que os casos da Covid-19 não param de aumentar. O repórter pontuou que o município bateu o recorde no número de mortes pelo coronavírus em 24 horas, e que 87% de leitos de UTI na rede pública estavam ocupados por lá. Até que uma mulher o interrompeu, invadiu a transmissão e disparou: “É mentira, isso é mentira!”.

O repórter Romeu Neto logo devolveu a transmissão ao estúdio, com Rodrigo Bocardi. (Foto: Reprodução/TV Globo)

Prontamente, Neto resolveu evitar maiores problemas e devolveu o chamado ao estúdio. Antes disso, ainda foi possível ouvir a mulher alegando: “Tem um monte de leitos”. Bocardi, então, ficou intrigado com a situação e abriu o espaço para que ela se explicasse. “Se ela estiver falando do que você está dizendo, Romeu, que ela possa pontuar e nós trazemos aqui ao vivo o esclarecimento sobre isso”, disse o âncora.

“Se ela não estiver de acordo, se achar que o que Romeu estava dizendo é mentira, que a gente possa debater para saber qual é, vamos buscar a verdade sempre”, completou o apresentador de telejornal, estabelecendo a conexão com o repórter pouco tempo depois. Assista ao momento aqui:

Mulher não explica qual era a “mentira”

Minutos depois, Romeu prosseguiu com seu link ao vivo e explicou que já havia falado com a mulher mais cedo. “Essa senhora me procurou mais cedo, ela estava chateada com uma situação interna, um possível mau atendimento ao marido dela, que estaria internado aqui. Eu disse que depois da participação eu falaria com ela, veria a situação, para tentar buscar uma resposta da Santa Casa”, contou o repórter.

Rodrigo Bocardi quis um esclarecimento sobre o assunto, mas a mulher que interrompeu a transmissão não quis se manifestar. (Foto: Reprodução/TV Globo)

Após tê-lo acusado de mentir, a mulher simplesmente foi embora e não quis se manifestar. “Quando ela viu a nossa participação falando sobre os leitos de UTI, ela acabou invadindo, veio reclamando e dizendo que é mentira, mas ela não quis conversar depois. Ela não quis dar a sua posição e foi embora. Foi uma indelicadeza dela e ela não quis explicar o que era mentira. O fato é que são dados oficiais”, contestou Neto.

Na sequência, o jornalista deixou claro que os dados que ele havia informado sobre ocupações de leitos foram repassados pela prefeitura de Sorocaba e, portanto, eram números oficias divulgados pelas autoridades. Confira o esclarecimento aqui:

Reações da web

Pela web, diversas pessoas ficaram indignadas com a interrupção do repórter – que estava apenas transmitindo os dados oficiais. “Mais um jornalista atacado ao vivo na TV. Uma mulher interrompeu o repórter Romeu Neto falando ‘É mentira’ enquanto ele falava da ocupação total dos leitos em Sorocaba. O jornalismo incomoda quem quer ser dono da verdade”, avaliou o jornalista Paulo Pacheco.

Houve também os que elogiaram a postura de Rodrigo Bocardi ao dar espaço para que a mulher se pronunciasse — mesmo que ela não tenha usado do direito. “Isso aí, Bocardi, deixa o espaço aberto pra ela falar… Jornalismo com clareza!”, elogiou outro internauta.

Veja mais algumas reações:

Assista ao episódio na íntegra, clicando aqui.