Fotojet

Grey’s Anatomy: Com direito a cenas emocionantes, Meredith se despede de personagem queridinho do drama médico; vem assistir

[ALERTA – o texto abaixo contém spoilers da 17ª temporada de Grey’s Anatomy]

Vamos mandar a conta do psicólogo para a ABC… Depois de 12 temporadas incríveis, muitos momentos românticos e outros que quase nos fizeram ter um ataque cardíaco (quem lembra do episódio do ônibus em chamas?), o muso Jackson Avery (Jesse Williams) deu adeus, oficialmente, à turma do Grey Sloan Memorial Hospital no episódio de “Grey’s Anatomy“, exibido nesta quinta-feira (20).

Intitulada “Tradition” (Tradição, em português), a trama começou com flashbacks da trajetória do cirurgião plástico em Seattle. Jackson então entrou no hospital pela última vez, com sua carta de demissão em mãos e começou suas despedidas com uma conversa com a Dra. Bailey (Chandra Wilson) e seu padrasto, Richard (James Pickens Jr.). Embora a notícia da partida do jovem médico não seja uma surpresa para Webber, Bailey se chocou.

Ao entregar a papelada que selou seu destino, completa com uma lista de substitutos recomendados, Jackson refletiu sobre sua viagem para ver seu pai. “Fui ver meu pai, que me mostrou toda a minha vida o tipo de homem que eu nunca quis ser”, disse ele. “Vocês me mostraram o oposto”, declarou. O cirurgião plástico acrescentou, ainda, que Miranda e Richard o ensinaram a ser resistente, corajoso e apaixonado e que cada um deles foi um exemplo do pai e cirurgião que ele queria se tornar.

“Estamos orgulhosos de você, Avery”, elogiou Bailey. “Estou orgulhoso de você, filho”, declarou Webber. Embora abalada com o fim de uma era, a dupla não perdeu tempo em entender exatamente o que a mudança de Jackson para Boston significa para os dois, o que rendeu uma cena hilária. “Para esclarecer, o que acabou de acontecer, Jackson Avery é agora–“, começou Miranda. “Nosso chefe”, completou Webber. Isso porque o Grey Sloan Memorial Hospital é comandado pela Fundação da família do jovem. Socorro! Kkk

Whatsapp Image 2021 05 21 At 09.56.31
Bailey (Chandra WIlson) e Richard (James Pickens Jr.) percebem que Jackson (Jesse Williams) será o novo chefe deles. (Foto: Reprodução/ABC)

Continua depois da Publicidade

Na sequência, Jackson informou a amiga Jo (Camilla Luddington), com quem teve um breve romance, de que está partindo. “Acontece que você pode mudar de carreira no meio da pandemia”, brincou ele. “Obrigado por ser uma boa amiga, especialmente quando eu precisava de uma… o sexo também vale um ‘obrigado'”, disparou, arrancando risadas de Jo, que o agradeceu por contar a notícia pessoalmente e não por uma carta, como Alex (Justin Chambers) fez.

Saudoso, Jackson observou pela última vez o hall movimentado do hospital. Ele então finalmente se encontrou com Meredith (Ellen Pompeo), que, após uma longa e exaustiva batalha contra a Covid-19, passou por todos os seus testes de pulmão com louvor e está pronta para ir para casa. A dupla conversou sobre o futuro e Jackson contou à amiga os planos de trazer April (Sarah Drew) e a filha Harriet para Boston com ele, para que juntos possam “mudar o mundo”.

Durante o papo na cama do hospital, Mer percebeu que ganhou a aposta entre os membros originais de sua classe de residência. “Eu sou o último homem de pé”, disse ela. A loira relembrou o primeiro dia deles juntos e confessou suas impressões do cirurgião. “Achei que você tinha que corresponder às expectativas de um grande nome (Avery)“, disse ela. “Mas você está tornando-o seu, você está reinventando-o. Estou impressionada”, elogiou.

Continua depois da Publicidade

A despedida agridoce entre os amigos se estendeu quando ambos decidiram que, em vez de participar dos planos do hospital de mandar Grey para casa após um grande aplauso, envolvendo muitos membros da equipe e amigos, eles deveriam fugir. Jackson levou Mer até o estacionamento em uma cadeira de rodas e então para casa, para ver seus filhos e Amelia (Caterina Scorsone), que a recebem com um abraço caloroso.

Continua depois da Publicidade

Do outro lado do hospital, após tanto tempo sendo assombrados pelas quase mortes de Meredith devido ao vírus, além do triste fim de DeLuca, Owen (Kevin McKidd) e Teddy (Kim Raver) ficaram tão aliviados com a recuperação da loira, que acabaram comemorando de um jeito inusitado – isso mesmo, na cama. Na sequência, descobrimos a partida de mais um médico de Seattle – Koracick (Greg Germann), que quer trabalhar com Jackson em Boston, pois sente que deve buscar mudanças no sistema de saúde devido aos pacientes que perdeu na pandemia.

Depois de deixar Mer em casa, Jackson dirigiu até o hospital. Com um sorriso no rosto e os olhos marejados, o cirurgião se despediu do Grey Sloan uma última vez. O episódio terminou com uma sequência das cenas mais memoráveis de Avery, desde seu casamento, o romance com April, até momentos notáveis na sala de cirurgia. A gente também tá chorando aqui, viu?