Grey’s Anatomy: Final da temporada tem reviravolta em triângulo amoroso e diagnóstico de doença revelado; Showrunner explica por que não matou Alex Karev na trama; confira!

Até quando o final de “Grey’s Anatomy” é improvisado, a gente chora! Com a interrupção das gravações da 16ª temporada – consequência da quarentena do coronavírus, a trama este ano chegou ao fim em seu 21º capítulo, faltando outros quatro episódios programados inicialmente. No entanto, os desfechos exibidos na última quinta-feira (9), nos Estados Unidos, não deixaram nada a desejar.

[Alerta Spoiler! Este post contém spoilers da 16ª temporada de “Grey’s Anatomy”. Caso não tenha assistido, sugerimos que encerre a leitura por aqui]

Antes de falar dos momentos mais tensos, precisamos celebrar mais uma nova vida na história: finalmente o bebê de Amélia e Link nasceu! Após viverem altos e baixos com a dúvida da paternidade entre o ortopedista e Owen Hunt, a criança nasceu durante uma cena linda e nostálgica. Miranda Bailey ficou responsável por ajudar no parto na mesma posição que o finado George esteve durante o momento que ela deu à luz ao seu herdeiro. Pra matar os fãs com a nostalgia, sabe?! Kkkk

Amélia e Link chegaram a terminar relacionamento por conta do teste de paternidade do bebê. Foto: Reprodução/YouTube

Mas como a felicidade é curta na série, a trama de Richard Webber segue deixando os médicos preocupados. No penúltimo episódio, todos foram recrutados para descobrir qual doença, mas as hipóteses de demência e alzheimer eram as mais prováveis.

Mesmo passando por um período conturbado na história, Andrew DeLuca é incluído na equipe por Meredith na busca pelo diagnóstico correto. E é justamente o personagem, o responsável por descobrir o que estava acontecendo. Ele impede uma cirurgia desnecessária e revela que os tremores e alucinações do médico eram motivadas por um envenenamento por Cobalto, consequência de uma substituição de quadril feita pelo pai de Maggie Pierce. E pelo menos dessa vez, uma vida é poupada no programa criado por Shonda Rhimes. Kkkkk Link e DeLuca operam Richard e resolvem todo o problema.

Para os fãs do casal Teddy e Hunt, a notícia não é das melhores. A médica cansa de lutar contra seus desejos e vontades e acaba confessando seu amor por Tom Koracick, mas confirma que não fugirá com ele. Durante o momento intenso, a mãe da pequena Alisson liga para o telefone do noivo sem querer e deixa uma mensagem de áudio com a confissão para o amante gravada. Eita atrás de eita!

Teddy Altman teve seu primeiro filho com Owen Hunt na 16ª temporada de “Grey’s Anatomy”. Foto: Reprodução/NBC

A 17ª temporada da série já está confirmadíssima, mas sem qualquer previsão para o início das gravações até o fim da quarentena do coronavírus. Além do final improvisado, o 16º ano do programa ficará marcado pela saída inesperada do personagem Alex Karev, após o ator Justin Chambers revelar que tinha pedido para sair do elenco.

Em entrevista para o TV Line, a showrunner Krista Vernoff contou porque não mataram o personagem. “Seria cruel para todo mundo [da trama], particularmente para Jo e Meredith. Não seria ideal colocar essas duas personagens em um luto profundo e extremamente penoso por episódios a fio”, argumentou.

Três destinos foram pensados para o médico. No que foi exibido na televisão, ele reencontra sua eterna amada Izzie Stevens, descobre que teve dois filhos com ela e abandona tudo para morar com a nova família em uma fazenda no Arkansas.

Muitos fãs pediram para Alex continuar vivo e casado com Jo Wilson, mesmo que não aparecesse em nenhuma cena mais. Krista revelou que a opção foi cogitada e descartada. “Fazer com que ele continuasse vivo e casado com Jo seria um desserviço para ela. Seria injusto mantê-la com um homem que não apareceria em frente das câmeras. Se fosse desse jeito, nós eliminaríamos a chance de desenvolver a personagem como ela merece”, finalizou.