Fotojet (5)

DaBaby faz comentários homofóbicos durante show, piora a situação com pronunciamento, e é criticado por Dua Lipa: “Horrorizada”

E foi com Deus! O rapper DaBaby estava em plena ascensão mundial, colecionando parcerias bombadas que incluem os nomes de Dua Lipa, Camila Cabello, Megan Thee Stallion, DJ Khaled e até nossa Anitta. No entanto, depois de seu último show, no domingo (25), ele deve se tornar persona non grata para muitas pessoas após protagonizar falas homofóbicas e sorofóbicas. Dua, por exemplo, fez questão de se manifestar publicamente para repudiar o momento protagonizado pelo músico.

Durante o festival “Rolling Loud”, em Miami, DaBaby decidiu fazer um discurso completamente preconceituoso e desnecessário. “Se você não apareceu hoje com HIV, AIDS ou qualquer uma dessas doenças sexualmente transmissíveis que farão você morrer em duas ou três semanas, coloque a lanterna do seu celular no ar”, começou. Em seguida, ele foi homofóbico ao falar com homens que se relacionam com pessoas do mesmo sexo. “Rapazes, se vocês não estão chupando um p*u no estacionamento, ponham a lanterna do celular no ar”, pediu.

Continua depois da Publicidade

A apresentação ainda ficou marcada por outro momento controverso. DaBaby convidou o rapper Tory Lanez para fazer uma performance ao seu lado. Acontece que o músico foi acusado de ter atirado em Megan Thee Stallion, em outubro do ano passado. Dito isso, vale apontar que antes do show do rapper, a artista esteve cantando no mesmo palco, e ela e DaBaby já trabalharam juntos na faixa “Cry Baby”. Depois dessa sequência de momentos sem noção, alguém na plateia jogou um tênis no cantor. Veja:

Posicionamento de DaBaby

Com a repercussão negativa do caso, o rapper apareceu nos stories do Instagram para se defender. “O que eu faço em um show ao vivo é para o público no show ao vivo. Isso nunca vai ser traduzido corretamente para alguém olhando um pequeno clipe de cinco ou seis segundos de sua maldita casa em seu telefone. Simplesmente não funciona assim”, argumentou. “Porque, independentemente do que vocês, filhos da puta, estão falando, e de como a internet distorceu minhas palavras, eu e todos os meus fãs no show, os gays e os héteros, não estamos nem aí”, continuou.

DaBaby seguiu alegando que o problema foi a repercussão na internet, porque as pessoas que estavam no show não se sentiram ofendidas. “Tinha clipes de todas as m*rdas, a noite inteira estava sendo gravada”, destacou. O rapper mandou as pessoas que não foram ao show “calarem a boca”, alegou que tudo fazia parte de sua postura como um “grande performer ao vivo”, e seguiu com mais uma sequência de comentários ofensivos.

Rolling Loud Miami 2021
Performance de DaBaby gerou polêmica na web. Foto: Getty

“Todas as luzes se acenderam, gay ou hétero. Você quer saber por quê? Porque mesmo meus fãs gays não têm a porra da AIDS… Eles não têm AIDS. Meus fãs gays, eles cuidam de si mesmos, eles não pegam isso… Eles não são viciados. Eu disse que se você não está chupando p*u no estacionamento, acenda a luz do seu celular. Você sabe o que meus fãs gays fizeram? Acenderam essa p*rra”, disparou.

Continua depois da Publicidade

DaBaby ainda se irritou com o fato de muitas pessoas estarem criticando seus fãs que são homossexuais, e que seguem o defendendo. “Meus fãs gays não vão aceitar isso. Eles têm classe. Eles não estão chupando p*u em nenhum estacionamento. Até meus fãs gays têm padrões”, alfinetou. “Não perturbem meus fãs gays, seus filhos da p*ta, e os façam se sentirem desconfortáveis ​​com a pele deles… Gay ou hétero, os dois, ou o que seja. Não importa nada dessa merda para mim. O que importa para mim, quando estou naquele palco, é dar um show para qualquer um e todos que estão lá e foi isso que eu fiz”, finalizou.

Repercussão

A cantora Dua Lipa fez questão de compartilhar um stories a respeito do ocorrido, e demonstrou completo choque com a postura de DaBaby. “Estou surpresa e horrorizada com os comentários de DaBaby. Eu realmente não reconheço essa como a pessoa com quem trabalhei. Sei que meus fãs sabem onde está meu coração e que apoio 100% a comunidade LGBTQ. Precisamos nos unir para lutar contra o estigma e a ignorância sobre HIV/AIDS”, escreveu.

Nossa Anitta, que convidou o rapper para participar do remix de “Girl From Rio”, não chegou a se manifestar diretamente sobre DaBaby. Mas a cantora, que já declarou publicamente sua bissexualidade, publicou um story assistindo ao clipe mais recente de Lil Nas X, “Industry Baby”. A brasileira escreveu “Arte” na gravação, elogiando a produção. O artista também faz parte da comunidade LGBTQIA+, sendo um homem gay.

217640551 4338315919568878 1127957745998674079 N
Anitta e Dua Lipa usaram seus perfis no Instagram para se manifestarem a respeito do caso. Foto: Reprodução

Continua depois da Publicidade

O rapper T.I., que foi acusado de abuso sexual ao lado da esposa, Tameka Harris, saiu em defesa de DaBaby, fazendo uma comparação também com Lil Nas X. “Por exemplo, a m*rda Lil Nas X [faz]. As performances e clipes, cara, eu tenho muito respeito porque ele teve a coragem de viver a verdade dele, mas essa m*rda não é pra mim… Só não consigo olhar pra isso… E eu não quero que meus filhos vejam ele também”, afirmou. “Se você tem um clipe de Lil Nas X vivendo sua verdade, você certamente terá pessoas como DaBaby que vão falar a verdade. Não há nada de errado com nada disso. Não precisa haver ódio, é tudo honestidade”, encerrou.

Netflix Presents Rhythm+flow
T.I. está sendo acusado de abuso sexual por 11 mulheres, e foi tirado do elenco de “Homem-Formiga”. Foto: Getty