Principe Charles Harry

Príncipe Charles fica “furioso” após novo desabafo de Harry sobre atitudes do pai, diz revista: “Se sente torturado”

Polêmica na família real britânica… mais uma! A estreia da série documental da Apple TV+, “The Me You Can’t See”, trouxe vários depoimentos sensíveis de príncipe Harry sobre a falta de empatia que encarou na realeza – incluindo questões com o pai. Agora, de acordo com a revista Us Weekly, o príncipe Charles ficou “enfurecido” com as declarações reveladoras de seu filho.

Segundo o relato de um insider, o primogênito da rainha Elizabeth II ficou muito irritado pelo desabafo de Harry. “Charles está ardendo de raiva e se sente torturado por Harry com suas alfinetadas constantes. Ele queria que [Harry] só parasse de discutir sobre isso”, contou a fonte.

Continua depois da Publicidade

A fonte ainda expôs qual postura os royals adotaram para lidar com os desabafos de Harry, que tem dado o que falar nos últimos meses, desde que ele e Meghan Markle se afastaram de seus cargos na realeza. “O consenso geral dentro da família real é ignorar o comportamento de Harry, para evitar aumentar as chamas, mas Charles está achando difícil se segurar. Ele realmente quer defender a si mesmo”, acrescentou o informante.

Harry aponta que seu pai, Charles, não foi empático com seus problemas após a morte de Diana. (Fotos: Getty)

Harry expõe descaso da família

Príncipe Harry foi um dos convidados do “The Me You Can’t See”, no qual abriu seu coração numa conversa com Oprah Winfrey. Em um dos momentos mais delicados, o duque de Sussex revelou uma falta de empatia entre os royals, principalmente por parte de seu pai, príncipe Charles. “Meu pai costumava dizer para mim e para (o príncipe) William quando eu era mais novo: ‘Bem, foi assim comigo, então é assim que será com você’. Isso não faz sentido. Só porque você sofreu, não significa que seus filhos precisam sofrer. Pelo contrário“, destacou Harry.

Continua depois da Publicidade

Na intenção de poupar seu filho Archie de lidar com isso, ele e Meghan Markle decidiram se afastar para “colocar nossa saúde mental em primeiro lugar”. Ainda assim, foi difícil que seu pai entendesse a situação. “Isso tudo não é sobre quebrar o ciclo? Não é sobre ter certeza de que a história não se repetirá? Que qualquer dor e sofrimento que tenha acontecido com você não passe adiante?”, afirmou ele.

Principe Harry Apple1
Principe Harry se abriu sobre os traumas que encarou após a morte de sua mãe, a princesa Diana, e o sofrimento que ele e Meghan Markle encararam. (Foto: Reprodução/Apple TV+)

O olhar crítico à família real ainda foi além. “Minha mãe foi perseguida até a morte quando ela estava numa relação com alguém que não era branco. Agora olha só o que aconteceu. Você quer falar sobre a história não se repetir? Eles não vão parar até que [Meghan] morra. É incrivelmente um gatilho pensar em potencialmente perder outra mulher da minha vida. A lista está crescendo. E tudo volta para as mesmas pessoas, o mesmo modelo de negócios, a mesma indústria”, disparou.

Continua depois da Publicidade

Mesmo com um bom motivo, prezando pelo próprio bem estar, não foi tarefa fácil deixar seus cargos da realeza. “Aquele sentimento de estar preso dentro da família é… não tinha opção de sair”, recordou Harry. “Eventualmente, quando eu contei essa decisão para a minha família, eu ainda ouvi: ‘Você não pode fazer isso’. Eu estava tipo: ‘O quão ruim isso tem que ficar para que eu tenha permissão para fazer isso?’. Quando ela estava prestes a tirar sua vida? Não deveria chegar nisso”, refletiu.

Focada na importância do cuidado com a saúde mental, a produção da Apple TV+ joga luz em traumas do filho de Diana, como quando sua esposa Meghan Markle teve pensamentos suicidas, e os vícios de Harry em drogas e álcool, após a perda da mãe. Saiba todos os detalhes e confira desabafos do príncipe, clicando aqui.