Balanco Queda

Que desespero! Balanço com duas jovens se rompe a 2 mil metros de altura e vídeos assustadores do momento viralizam na web; assista

Que desespero! Recentemente, duas jovens viveram na pele um pesadelo enquanto estavam num balanço a quase 2 mil metros de altura. Os cabos do brinquedo simplesmente se romperam, derrubando as mulheres lá de cima. As cenas assustadoras e de tirar o fôlego foram registradas em vídeos, que viralizaram na web e percorreram o mundo. Felizmente, as duas sobreviveram.

O caso aconteceu em Sulak Canyon, no Daguestão, localizado ao sudoeste da Rússia. Os turistas curtiam o dia normalmente, aproveitando a vista à beira do penhasco de 1920 metros de profundidade. Até que um dos cabos se quebrou, fazendo com que as duas mulheres se desprendessem em direção ao precipício. Mas, de acordo com o Ministério do Turismo local, ela caíram numa plataforma que estava abaixo da estrutura.

Balanco Queda (1)
O cabo se rompeu enquanto estava na direção do precipício, impulsionado as mulheres para frente. (Fotos: Reprodução)

Continua depois da Publicidade

Apesar do perigo que essa queda poderia causar, elas tiveram apenas alguns hematomas e arranhões, segundo o jornal Komsomolskaya Pravda. “Elas ficaram com medo e sofreram arranhões, mas nenhuma delas sofreu ferimentos graves”, relatou a publicação, que também mencionou os riscos que um acidente ali poderia ter. “É assustador imaginar o que poderia ter acontecido”, completou. Foi realmente terrível… Assista aos vídeos:

Que terror! Imaginem o trauma? De acordo com um morador da região, a dupla que passou por esse susto recebeu ajuda das pessoas que estavam no local e assistiam às cenas de tensão. “No Daguestão, duas meninas, andando em um balanço, caíram no desfiladeiro Sulak. Felizmente, quase não sofreram. Saíram com hematomas. Testemunhas ajudaram as meninas a sair”, escreveu a conta no Twitter.

Continua depois da Publicidade

Depois dessa quase fatalidade, a polícia da região deu início a uma investigação. Já com os resultados iniciais, o Ministério do Turismo revelou que o balanço de Sulak “não cumpria os padrões de segurança”. O ocorrido fez com um alerta de perigo fosse instalado na atração do cânion. Além disso, o conselho de Kazbekovsky exigiu que todos os balanços da beira de penhascos sejam removidos, em prol da segurança dos visitantes. Passando da hora, né?