Luiz Bacci detona Wesley Safadão por receber DJ Ivis em show: “Não dá pra suportar”; artistas aparecem ao lado do produtor e internet resgata posts

Em julho deste ano, Iverson de Souza Araújo, mais conhecido como DJ Ivis, foi preso, após divulgação de vídeos nos quais aparece agredindo sua ex-mulher, Pamella Holanda. Após quatro meses atrás das grades, o músico foi autorizado pela Justiça a responder ao processo em liberdade. Neste fim de semana, ele desfrutou da decisão, comparecendo aos shows de Wesley Safadão e Tarcísio do Acordeon. A notícia despertou a fúria do jornalista Luiz Bacci, da Record TV, que se pronunciou nas redes sociais.

Na noite de sábado (4), Iverson foi flagrado no palco do “Garota VIP”, evento de Safadão, no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo. Após ficar sabendo que o DJ estava no local, Bacci revelou, no Instagram, que desistiu de conferir a performance de Wesley, então um grande amigo. “Eu sempre prestigiei os shows do Wesley desde 2013. Antes mesmo de São Paulo saber da existência dele. Ontem, iria ao Garota Vip, comprei 5 ingressos”, começou ele. “Não dá pra suportar o cara que quase matou a mulher na frente da filha estar no palco. Segundo pessoal do show business, apoiado pelo próprio Wesley e empresário dele. Lamentável”, disparou o apresentador do “Cidade Alerta”, que marcou o perfil de Wesley no desabafo.

O jornalista também reprovou o “tratamento de estrela” dado ao artista – que supostamente recebeu um carro exclusivo de Safadão e foi escoltado por 8 seguranças no show. “É um tiro de fuzil na esperança de um país sem violência doméstica”, criticou Bacci. “Deve ter alguém querendo acabar com a carreira sólida e honesta do Wesley. O Ivis tem direito de se reintegrar à sociedade, mas acho que ir direto para o palco do evento do Safadão e ser tratado como estrela é reconhecer firma da impunidade brasileira”, acrescentou.

Continua depois da Publicidade

Resposta de Wesley Safadão

Pouco após o ‘exposed’ de Bacci, Wesley resolveu se pronunciar. A voz de “Passatempo” respondeu às DM’s do jornalista e a conversa então foi compartilhada por Luiz em seus stories. “Amigo, quem sou eu para crucificar esse rapaz? Quem sou eu para dizer que ele não pode corrigir o erro ou melhorar? (…) Ele tá no meu show, eu gravei uma música dele, não quer dizer que eu concorde com o que ele fez. Eu não concordo! Eu já até disse que ele tem que pedir perdão à ex-mulher dele publicamente!”, escreveu Safadão.

Bacci então rebateu: “Se você acha que a composição dele é fundamental na sua carreira, o contrate e pague o cachê dele. Agora, botar no seu palco é uma vergonha. Você patrocinou a impunidade e tirou a esperança de mulheres que sofrem caladas com esse ato”. O bate-boca continuou e o jornalista da RecordTV acusou Wesley de ser “ingrato” e de ter “memória curta”, antes de concluir a discussão com um alerta velado sobre Ivis: “Vigia. Vigia. Cobra mata abraçando”. Vixe! Confira a treta completa:

Continua depois da Publicidade

Vaiado

Além do “Garota VIP”, o DJ marcou presença na “Noite do Piseiro”, comandada pelo cantor Tarcísio do Acordeon, na Estância Alto da Serra, em São Bernardo do Campo (SP). Nos registros do evento que circularam na web, é possível ver que o produtor musical foi convidado para subir ao palco, mas recebeu vaias ensurdecedoras.

“Tarcísio do Acordeon foi colocar o DJ Ivis no palco em um show ontem, e o público vaiou tanto, que ele saiu imediatamente. Que seja assim em todos os lugares, porque esse povo podre do piseiro vai continuar apoiando ele…”, escreveu um internauta.

Artistas demonstram apoio à Ivis

Na época da polêmica protagonizada pelo DJ, vários artistas – entre eles o próprio Safadão, o cantor João Gomes, Márcia Felipe e até Léo Santana – se pronunciaram contra a violência à mulher. No entanto, ao longo do último fim de semana, muitos decidiram “passar pano” e a internet não deixou barato.

Nos bastidores de um dos shows, o DJ posou ao lado do cantor João Gomes, com quem publicou uma foto nas redes sociais. “Verdadeiro sentido de: quem trabalha Deus ajuda, seus escolhidos sempre vencem”, escreveu Ivis na legenda. Nos comentários, João então teceu elogios ao amigo. “Bom curtir perto de você, ver que está bem. Quantos motivos para agradecer já me deu. Que Deus lhe abençoe e cuide de todos seus planos. Ele tem algo especial reservado em sua vida ainda. Sua música é boa e faz alegria. É o que o povo precisa. Se cuide. Papai do céu abençoe”, declarou.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por DJ IVIS (@djivis)

Continua depois da Publicidade

A atitude não repercutiu bem no Twitter e Gomes recebeu uma série críticas de usuários da rede social. “Nunca que os cantores homens do meio sertanejo/piseiro/forró ficaram contra o vagabundo do DJ Ivis, só fizeram aquela encenação toda pra tentar limpar a barra. Esse meio é podre e sempre vai ser assim. João Gomes é um lixoso e cale a boca!”, disparou uma internauta.

Continua depois da Publicidade

A cantora de forró Márcia Felipe, que anteriormente demonstrou apoio à Pamella Holanda, também foi clicada em um estúdio ao lado de Iverson. Já o cantor Léo Santana apareceu cumprimentando o produtor musical em um evento. A internet não perdoou e resolveu desenterrar uma lista de antigas publicações e registros atuais dos artistas ao lado do acusado. Espia só: