Big Brother Portugal: Desfecho! Após se recusar a indicar outras mulheres, participante brasileira encara paredão e enfrenta reviravolta

Ana Catharina, a participante brasileira do “Big Brother TVI”, edição portuguesa do reality, enfrentou as consequências de seu posicionamento a favor das mulheres nesse domingo (14). A sister havia sido punida pelo programa e colocada diretamente no “paredão” após se recusar a cumprir a regra – bizarra – que imunizou os homens da casa durante a semana, obrigando então que apenas as mulheres fossem votadas.

Na noite de ontem, o público decidiu que Ana deveria permanecer no reality. No entanto, logo que voltou, ela sofreu uma reviravolta e foi novamente colocada na berlinda pelos outros participantes. “Eu sempre espero porque eu sempre sou. Eu e a Noélia vamos fazer um workshop e apresentar pra todo mundo que não foi nomeado ainda. A gente fala sobre o confessionário, o apelo, as sensações, o que fazer pra relaxar”, brincou a concorrente.

Apesar dos esforços contra a regra, Ana havia enfrentado um paredão completamente feminino no início do episódio ao lado de Soraia e Slávia. Soraia foi a primeira a ser salva, aumentando a tensão entre as duas outras participantes, especialmente após o discurso do apresentador, Cláudio Ramos.

Na última semana, o responsável pelo comando do “BBTVI” teceu críticas à atitude de Ana Catharina, dizendo, inclusive, que se a decisão fosse dele, “ela automaticamente teria saído” pelo que ele considerou uma “falta de respeito”. Entretanto, em seu discurso de eliminação, ele elogiou os posicionamentos firmes das participantes.

Cláudio fez um discurso positivo às participantes (Foto: Reprodução/TVI)

“Quero dizer que as duas, até agora, honraram o compromisso que tomaram para si quando resolveram se inscrever na casa do Big Brother. Até agora defenderam a causa e, abandonando o jogo hoje, tenham a certeza que a causa chegou, foi ouvida, gerou discussão e está aí mais do que vocês possam imaginar”, declarou ele.

“Eu fico muito orgulhoso de perceber que no programa que eu apresento eu tenho duas mulheres com a cabeça no lugar, bem decididas naquilo que querem e que, mesmo contrariando às vezes as arrelias da vida, aquela linha traçada, elas vão por aquilo em que acreditam, os valores, porque é isso que tem que ser, mesmo que alguém diga o contrário”, afirmou Ramos, antes de eliminar Slávia, com 39% dos votos. Confira:

Na sequência, todos os participantes restantes disputaram a Prova do Líder, mas Ana Catharina não deu sorte e a imunidade ficou para Teresa. Então, o dia terminou com uma nova formação de paredão na casa.

Pela primeira vez na edição portuguesa, o público teve o poder de escolher dois concorrentes para a berlinda. Pedro Alves e Angélica foram os que receberam a maior porcentagem de votos e enfrentarão a possibilidade de eliminação pela primeira vez na edição de 2020.

Para completar os indicados, todos os brothers formaram duplas e precisaram fazer um consenso entre seus votos. No final, Ana teve pouco tempo de descanso e voltou para o seu terceiro paredão seguido após receber quatro nomeações. Noélia foi a segunda mais votada e acompanhou o grupo.

Paredão que vai ser disputado no próximo domingo, 21 (Foto: Reprodução/TVI)

Será que Ana Catharina vai conseguir se manter mais uma semana na competição? Normalmente vários paredões deixam uma participante ainda mais forte no jogo… Vamos ficar de olho!