BBB20: TRETA! Manu descobre armação de votos de Victor Hugo e o acusa de falsidade; Brother perde a paciência e grita: “Vai bate, bate!” — Assista

Noite de festa no “BBB 20”! Ou melhor, noite de tretas! Manu Gavassi teve uma discussão intensa com Victor Hugo após descobrir que o brother sugeriu que Mari e Flay votassem nela no paredão. Antes disso, VH já havia se envolvido em um bate-boca com Gizelly. A galera do Quarto Branco voltou com tudo, hein?

O psicólogo estava conversando com Marcela, quando Manu chegou para tirar satisfações sobre o que tinha ouvido. “Amor, estou muito triste com isso. Deixa eu te falar uma coisa: falso pra um c*ralho. Virou para a Flay e Mari votar em mim. Quer falar isso na minha cara ou não quer?”, disparou ela.

Pego de surpresa, o brother não respondeu diretamente. “Eu estava conversando com ela (Marcela) primeiro. Se você quiser, eu posso sentar e conversar com você”, declarou ele. “Não, eu não quero palestrinha. Eu quero saber se é verdade”, falou Manu, simplesmente.

Novamente, Victor Hugo não negou nem confirmou a acusação, se limitando a dizer que não era falso. “Eu não quero palestrinha, apenas quero um ‘sim’ ou ‘não'”, pressionou a cantora, enquanto Marcela questionava: “É verdade isso?”.

Manu estava sem papas na língua! (Foto: Reprodução/Globo)

“Eu fiquei muito decepcionado com você”, afirmou o psicólogo. Indignada, Manu explicou para Marcela que o motivo seria o atrito entre eles no dia do Quarto Branco. “Foi antes disso”, corrigiu o brother. Em seguida, Victor afirmou que não estava gostando da postura dela ao falar com ele. “Se você quer conversar sério, a gente senta e conversa como dois adultos. Agora ficar desse jeito, eu não gosto”, reclamou.

Foi nesse momento que Manu perdeu a paciência. “Quando você vira para duas pessoas que gostam de mim e pede para votar em mim sem motivo algum, eu crio um escândalo, eu falo para a câmera, eu faço o que quiser. Você é um falso do c*ralho”, acusou ela.

“Nossa, está mostrando a cara”, debochou o maranhense, fazendo a sister repetir a acusação. “Que o Brasil veja”, ironizou ele. “Não, que o Brasil veja você, seu falso”, afirmou a atriz, segurando rapidamente a gola da camisa do brother. Ao sentir o contato, VH surtou e incentivou a sister a descumprir uma das regras do reality. “Vai bate, bate!”, gritou ele. “Tá louca?”, questionou o psicólogo quando ela saiu de perto.

Após se separar de Victor Hugo, Manu continuou expressando sua indignação pelas atitudes do brother. “Falso! Dissimulado e falso. Falei para todo mundo nessa casa: ‘admiro o quanto o Victor Hugo é fã desse programa. Penso na família dele. Não tenho coragem de votar no Victor’. Aí esse falso falou para Mari e Flay, que gostam de mim: ‘vota na Manu’. E não tem coragem de falar na minha cara”, revoltou-se.

“Ele vira pra mim e fica ‘ai, Manuzinha’, aí vira as costas e fala pra Flay e pra Mari: ‘vota na Manu’. Falso! As pessoas estão vendo”, completou ela para Marcela e Thelma.

Na conversa, a cantora foi exaltada por Thelminha, que já havia dado um sermão em Victor Hugo pelo mesmo motivo mais cedo. “Eu amo essa mulher, como eu admiro essa menina. Você tem noção que eu tenho 35 anos e você é um exemplo pra mim? Você é muito f*da. Eu aprendo com você todos os dias!”, falou a médica.

Manu, então, entrou na casa e começou um assunto sobre VH com Rafa, Pyong e Gabi. Eles relembraram momentos controversos do brother lá dentro, enquanto a cantora contava mais detalhes do que aconteceu. “Falso do caramba, acabo com a raça dele. Porque depois ele vira e fica ‘Manuzinha, palestrinha, adoro você'”, apontou.

“Fala a real, se quer votar em mim não tenho problema algum e também não sou amiga dele. Só vira e fala pra mim. Enquanto isso, eu estava pra todo mundo dessa casa e o Brasil está de prova falando que não tinha coragem de votar nele. Pra mim está tudo esclarecido. Só sei que estou p*ta, possessa, possuída pelo ritmo ragatanga”, completou.

Ela, então, explicou que soube da armação de votos pela própria Flayslane. “Eu disse [pra ela] que não confiava no Victor Hugo. Aí ela falou: ‘é, porque ele falou para eu e Mari votarmos em você. A gente falou que não votaria em você’. Aí falei: ‘o quê?'”, revelou Manu.

Victor Hugo x Gizelly

Um pouco antes na festa, VH já havia se envolvido em uma discussão com Gizelly e sido novamente acusado de falsidade. Tudo começou após Felipe ter uma longa conversa com o maranhense sobre como ele teria incentivado a rivalidade entre o arquiteto e a advogada. Prior, então, levou o brother para conversar com Gi.

A sister relembrou que, antes de ser indicada ao paredão por Felipe, Victor Hugo já havia falado sobre o paulista “querer a cabeça” dela na berlinda. Por outro lado, o psicólogo ficou insistindo que tinha falado isso apenas após Prior indicá-la. “O Brasil está vendo”, afirmou Gizelly, tranquila.

“Sim, o Brasil está vendo. O tanto que você foi uma péssima amiga, inclusive”, rebateu Victor Hugo, enquanto Prior acusava o cientista de ser “leva e traz”. “Eu não fiz isso”, defendeu-se ele, acrescentando que não gostava mais de Gizelly e que não tentaria mais protegê-la.

“E outra: eu não fiz fuxico. Da mesma forma que se fosse o Babu, você tentaria protegê-lo”, continuou, tentando explicar sua atitude. “Falso!”, gritou a advogada, perdendo a calma. “Você que é falsa”, retrucou o maranhense. Os dois continuaram discutindo aos gritos, até Pyong, Thelma e Marcela chegarem para acalmá-los.

“Você é uma das pessoas que eu mais confiava”, declarou Victor Hugo. “Já é a segunda falsidade que eu pego sua”, respondeu a advogada, indignada, relembrando um caso em que o psicólogo teria falado para Flay que Gizelly iria denunciá-la no confessionário sobre o cuspe que levou da cantora em uma das festas.

A noite acabou com Victor Hugo lamentando as brigas. “Por que está todo mundo contra mim? Eu não fiz nada com ela, nem com ninguém. O Brasil inteiro tá vendo. Brasil, eu tenho certeza do que eu fiz. Certeza de tudo, o quanto eu sou inocente, o quanto eu estou sendo injustiçado o tempo todo por essas pessoas. E agora tá todo mundo contra mim”, desabafou ele no meio da festa.