Juuuuuuu

BBB21: Juliette Freire é a grande vencedora da edição e bate recorde histórico; confira as porcentagens e tudo o que rolou no programa

Não tinha como ser um resultado diferente: É ELA! Juliette Freire é a grande vencedora do “Big Brother Brasil 21”, após garantir 90,15% dos votos do público. O anúncio foi feito nesta terça-feira (4), após 100 dias de confinamento no reality show. Enquanto a sister vai levar para casa o desejado cheque de R$ 1,5 milhão, Camilla de Lucas ficou com o segundo lugar ao alcançar 5,23% dos votos, conquistando o prêmio de R$ 150 mil. Na terceira posição, Fiuk recebeu 4,62% dos votos e receberá R$ 50 mil.

Além de ser a grande milionária do pedaço, Juliette conquistou mais um feito histórico em sua trajetória no programa. Com a porcentagem alcançada, ela bateu o recorde de maior popularidade em uma final tripla. Até então, Kleber Bambam tinha esse título por ter ficado com 68% dos votos, contra os 21% de Vanessa Pascale e 11% de André Gabeh lá na primeira edição do reality show. O ranking de disputas em trio ainda conta com Fernanda Keulla (BBB 13 – 62,79%), Marcelo Dourado (BBB 10 – 60%), Emily (BBB 17 – 58%) e Gleici Damasceno (BBB 18 – 57,28%).

Os cactos, como são conhecidos os fãs da paraibana, fizeram grandes mobilizações nos últimos dois dias, e muitas pessoas chegaram a acreditar que Juliette poderia bater o recorde absoluto de favoritismo. Até então, o título pertence a Fael, do “BBB 12”, com 92% dos votos. Em seguida aparece Diego Alemão, do “BBB 7”, com 91%. Nos dois casos, os brothers disputaram a final com apenas mais um participante.

Continua depois da Publicidade

Caminhada da vitória

A trajetória de Juliette Freire no “Big Brother Brasil” é digna de filme. Antes mesmo do programa começar, ela despertou a simpatia com seu vídeo de divulgação, e foi escolhida pelo público para receber imunidade na primeira semana. Lá dentro, ela emplacou uma paixonite aguda por Fiuk e garantiu os primeiros memes da edição. Mas, ao se juntar com os demais brothers e sisters, o caminho da advogada se tornou mais tortuoso…

Em muitas vezes, a sister foi excluída do grupo, se tornou motivo de piada pela sua forma de falar, seu sotaque e quase tudo que estava relacionado ao seu jeito de ser. Felizmente, ela foi conquistando aliados e conseguiu retomar as rédeas do jogo. Aqui fora, o público se sensibilizou e começou a colaborar para que Ju se tornasse um dos maiores fenômenos já vistos. 

Continua depois da Publicidade

Semanalmente, as redes sociais da paraibana cresciam o número de seguidores de forma progressiva e impressionante. Até o fechamento desse post, ela já reunia mais de 23,7 milhões de fãs só no Instagram, ocupando o segundo lugar de BBB mais seguida da rede social, perdendo apenas para Sabrina Sato e seus 29,6 milhões de seguidores. Diversos famosos passaram a torcer publicamente pela advogada, e Juliette chegou a ganhar uma música inédita escrita por ninguém menos que Carlinhos Brown. A sister virou até jogo online! 

Todo mundo junto mais uma vez

A final do “BBB 21” entregou um programa completamente inédito em sua história, fazendo toda a transmissão diretamente de dentro da casa. No ano passado, por conta da pandemia do coronavírus, o apresentador do reality show entrou no local apenas para anunciar Thelma como a vencedora. Dessa vez, ele permaneceu junto dos finalistas na área externa da casa.

Continua depois da Publicidade

As atrações musicais da noite foram escolhidas entre os próprios artistas convidados para integrar o grupo “Camarote” neste ano. Projota, Pocah, Karol Conká e Rodolffo — ao lado do seu companheiro de dupla Israel — embalaram a festa. A rapper curitibana, inclusive, aproveitou a ocasião para apresentar seu novo single “Dilúvio”, o primeiro trabalho após sua passagem conturbada pelo “BBB 21”, em que foi eliminada com o recorde de 99,17% dos votos.

Para empolgar os três finalistas e deixar o público já nostálgico, Boninho e sua equipe prepararam VTs com os melhores momentos do programa, dos momentos “paz e amor” no início do confinamento até as tretas “fogo no parquinho”, isso sem falar do hilário “C.A.T. BBB”, comandado por Rafael Portugal.

Com a morte precoce e extremamente triste do ator Paulo Gustavo, por conta de complicações da Covid-19, o apresentador do programa informou a triste notícia para os finalistas ainda durante o programa. “Eu aproveitei agora durante o intervalo para comunicar os nossos finalistas sobre o que aconteceu hoje. Tá todo mundo muito triste com a morte do Paulo Gustavo. Ele era um parceiro nosso aqui, veio várias vezes, e tenho certeza que todos vocês eram muito fãs, como nós também somos”, disse.

Continua depois da Publicidade

Os participantes ficaram completamente consternados com a situação e tentaram exprimir seus sentimentos. “É um choque, a gente fica aqui e não tem nenhuma informação. Mais um talento que se foi, vai ficar a história mesmo”, disse Camilla. “Entrei aqui com uma perda muito grande de uma pessoa querida e saio com essa notícia. Isso só nos mostra a finitude da vida e o quanto a gente precisa ser feliz e fazer o bem. A vida é um sopro”, completou Juliette. Fiuk finalizou lembrando-se do discurso dos negacionistas e criticando quem ainda faz aglomerações clandestinas. “Não é brincadeira”, declarou.

Antes de anunciar os vencedores, o “BBB 21” reservou uma GRANDE surpresa. Projota voltou a se apresentar com o hit “Muleque de Vila”. No meio da canção, o rapper convidou ninguém menos que Lucas Penteado para dividir os vocais na performance. Dentro do confinamento, o ator desistiu do reality show após sofrer bullying de alguns participantes. Projota, inclusive, foi muito criticado aqui fora pela forma que tratou o rapaz, que era seu fã assumido. Os dois se emocionaram muito e comprovaram que tudo está em bons termos.